‘Circuito Cultural das Praças’ anima 20 bairros, neste final de semana

Por - em 98

A adaptação para a dança do livro “Fogo Morto”, de José Lins do Rêgo, está entre os espetáculos apresentados no ‘Circuito Cultural das Praças’ desta sexta-feira (28). Na programação de música estão nomes como a banda de hip hop Afronordestinas e o cantor e compositor Ditellis, com oito discos gravados na Europa. Ao todo, incluindo o sábado (29) e domingo (30), serão 20 locais da cidade animados pelo projeto, abrindo espaço para 23 grupos e artistas mostrarem seu trabalho. A realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

O projeto ‘Circuito Cultural das Praças’ recebeu propostas das áreas de música, cultura popular, artesanato, audiovisual, literatura, artes integradas, teatro, circo e dança. A edição deste ano vai estender a programação até a primeira quinzena de março de 2012, apesar do projeto nas versões anteriores acontecer de setembro a fevereiro. Foram 432 apresentações selecionadas em edital público, além de artistas e grupos convidados pela Sedes.

Bairro dos Ipês – O cantor e compositor Ditellis já possui 30 anos de carreira e oito discos gravados na Europa, fazendo shows por vários países do velho continente. O artista será a atração da Praça Coriolano Coutinho, no Bairro dos Ipês, a partir das 17h. Ele tem forte influência regional e no seu repertório estão músicas autorais, além de frevo, baião e balada. Foi parceiro do músico pernambucano Lula Côrtes (falecido), em composições como “Sol de Setembro”, “Seca do Ceará”, “Jornal da Cidade” e “Fogueira”. Além dessas criações, o público presente também poderá ouvir canções de Jorge Bem Jor, Gonzaguinha e Lulu Santos. O violão e a viola de 12 cordas executados por Ditellis serão acompanhados pelo percussionista Dudu.

Varadouro – Quem vai se apresentar na Praça Antenor Navarro é o cantor e compositor baiano, radicado na Paraíba, Lucas Dourado, com o show “Zero Setenta e Cinco”, a partir das 22h. Ele tem influências do afoxé, frevo e bossa nova, mas também leva em seu trabalho as marcas de ritmos africanos e do jazz americano. O artista mergulha ainda no universo dos outputs sinestésicos, imagens-sons que correm por letras e melodias.

Rangel – “Do Fogo às Cinzas” é o espetáculo que a Contexto Companhia de Dança vai apresentar na Praça da Amizade. O grupo começou seus trabalhos com base no ritmo do forró, depois se embrenhou em outras vertentes. A performance desta sexta-feira vai transcrever para o corpo a segunda parte do livro “Fogo Morto”, obra-prima do regionalismo neo-realista surgido no Brasil durante a década de 30 e escrito pelo paraibano José Lins do Rêgo. Na ocasião, será desenvolvida em duas cenas a violência xucra e a religiosidade. A direção geral é de Alex Oliveira.

Bancários – O espetáculo “Alquimia” será executado pela bailarina Anne Mel nesta sexta-feira, a partir das 19h, na Praça da Paz. A performance consiste em apresentação de dança do ventre em caráter solo, incluindo aspectos modernos, clássicos, fusão e folclore do povo árabe. Em alguns momentos, os integrantes utilizam acessórios como véus, bastões, taças e outros adereços típicos. “Participar deste projeto é um desafio encantador, pois me permite alcançar um público muito diversificado e assim popularizar uma arte tão bela, tão fascinante e ao mesmo tempo tão desconhecida e distorcida, pelo menos no contexto em que vivemos”, ressaltou Anne Mel.

Mangabeira – Sapê, The Show Man, será a atração da Praça Coqueiral, às 19h. Seu repertório passa por músicas da MPB. Nesta sexta-feira, ele vai apresentar ao público canções de Raul Seixas, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho, Paulo Dinis, Alceu Valença, seguindo também para estilos mais populares como Roberto Carlos e Vando. A performance do artista conta com um violão de 12 cordas e quatro gaitas.

Tambaú – A Feirinha de Tambaú vai receber, a partir das 19h, o Coco de Roda do Mestre Benedito, formado pelos filhos, netos, bisnetos, genros e amigos do brincante já falecido. Quem puxa o folguedo atualmente é a filha Dona Teca. Ela conta que já havia a manifestação cultural no lugar onde nasceu, em Cruz do Espírito Santo. Mas seu pai só começou a fazer as apresentações, de forma mais frequente, quando se mudaram para Cabedelo.

Manaíra – Afronordestina surgiu em 2003 no festival “Mulheres Cantam Mulheres” e ressalta em suas composições a região Nordeste e a força da alma feminina. Ele será a atração da Praça do Skate, às 19h. O repertório da noite trará músicas do primeiro CD da banda, como “Se tu acreditas”, “Mulher” e “Quem sabe faz”. Nesses sete anos de existência, o grupo se destacou no cenário cultural paraibano e brasileiro, tendo conquistado importantes prêmios, a exemplo do Melhor Demo no Festival Hutuz, considerado o maior reconhecimento do Hip Hop na América Latina.

Cidade Verde – A peça teatral “Raízes I – Poemas Palestinos e Cantos Sefardim” será encenada a partir das 19h, na Praça do Skate. O tema mistura cantos tradicionais de judeus espanhóis com a obra do poeta palestino Mahmoud Darwiche. Segundo a diretora Elisa Toledo Todd, a ideia central da apresentação é falar de tolerância e de paz entre os povos. Com um nome para lá de original, Paralelo da Graviola – Poéticas D’Arte, é formado por atores, artistas plásticos, músicos e historiadores. O principal foco da companhia é a identificação das raízes árabes e judaicas na cultura popular brasileira.

Convidados da Sedes – as atrações convidadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) também estão sendo inseridas na programação do ‘Circuito Cultural das Praças’, que tem em sua maioria artistas selecionados em edital. O objetivo é promover maior visibilidade aos trabalhos desenvolvidos pelas comunidades e bairros de João Pessoa. Nesta sexta-feira, é a vez Grupo de Dançart, da banda de rock O Quê e do Suingue Dance (dança).

Confira a programação completa deste final de semana:

Sexta-feira (28/10)

-Bairro dos Ipês (Praça Coriolano Coutinho) – 17h

Ditellis (música)

– Varadouro (Praça Antenor Navarro) – 22h

Lucas Dourado (música)

– Rangel (Praça da Amizade) – 18h

“Do Fogo às Cinzas” (dança)

– Bancários (Praça da Paz) – 19h

Espetáculo Alquimia (dança)

– Mangabeira (Praça Coqueiral) – 19h

Sapê – The Show Man (música)

Convidado da Sedes: Grupo de Dançart (dança)

– Tambaú (Feirinha de Tambaú) – 19h

Coco de Roda do Mestre Benedito (cultura popular)

– Manaíra (Praça do Skate) – 19h

Afronordestinas (música)

– Cidade Verde (Praça Encanto Verde/ Anfiteatro João Balula) – 19h

“Raízes I – Poemas Palestinos e Cantos Sefardim” – Grupo Raízes (teatro)

Convidados da Sedes: Banda O Quê (rock) e Grupo Suingue Dance (dança)

Sábado (29/10) –

– Castelo Branco (Praça da Cultura) – 19h

Didi Machado (música)

– Manaíra (Praça Alcides Carneiro) – 17h

Nau Cirandô

– Bessa (Praça do Caju) – 19h

“A Saga da Luz” (teatro)

– Padre Zé (Praça da Conquista) – 19h

Banda Avoé (música)

– Funcionários I (Praça Lauro Wanderley) – 19h

Paratibe em Ação (cultura popular)

– Jaguaribe (Praça Aquiles Leal) – 19h

Grupo Luar do Sertão (música)

– Funcionários II (Praça Bela) – 19h

Odete de Pilar (cultura popular)

– Conjunto Residencial Gervásio Maia (Praça da Esperança) – 19h

Birimbaus e Tambores (cultura popular)

– Valentina (Praça Soares Madruga) – 19h

Bandolim Pernambucano (música)

Convidado da Sedes: Grupo General Frank e Preta San

– Alto do Mateus – 17h

“Flor de Macambira” (teatro)

Convidado da Sedes: Grupo de Hip-Hop Família VO (dança)

Domingo (30/10) –

– Estação Ciência (anfiteatro) – 17h

Saudade de Minha Terra (música)