‘Agosto das Letras’ é aberto e homenageia autores paraibanos

Por - em 54

A abertura do ‘1º Agosto das Letras – Festival Pessoense de Literatura’ aconteceu na noite desta sexta-feira (17) no Centro Cultural São Francisco, Centro da Capital. O evento se estenderá até o próximo domingo (19), numa iniciativa do Governo Municipal que nesta edição inaugural homenageia escritor paraibano Ariano Suassuna, lembrando também obras do poeta Lúcio Lins. A solenidade foi marcada pela exposição ‘Iluminuras de Ariano Suassuna’, a apresentação do livro ‘ABC de Ariano’, de Bráulio Tavares, e show musical do ‘Quinteto Itacoatiara’.

Durante o festival literário, a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) colocará em evidência a literatura feita por pessoas nascidas ou ‘adotadas’ pela Capital paraibana como uma forma de estimular o conhecimento da história da cidade e o fortalecimento de uma identidade cultural. “A Divisão de Literatura é uma criação da atual gestão, que viu a necessidade de fortalecer a cultura literária e, esse foi o primeiro grande passo a caminho da ideal união de forças entre os que fazem a literatura de nossa cidade fluir”, garantiu o diretor-executivo da Funjope, Lau Siqueira.

Já a chefe da Divisão de Literatura da Funjope, Petra Souto, lembrou da importância do resgate das obras de autores paraibanos. “Este é um ano especial porque estamos celebrando os 60 anos do poeta Sérgio Castro Pinto, 70 anos de Vanildo Brito e os 80 anos do escritor Ariano Suassuna. Nada mais justo do que promover essa reunião para celebrar a vida desses grandes nomes da nossa cultura”, disse.

Haikai – A programação de abertura do festival também incluiu o início de uma ‘Oficina de Haikai’, ministrada pela poetisa curitibana Alice Ruiz. As aulas acontecem até domingo (20), das 9h às12h, no Centro Cultural São Francisco. No total, foram oferecidas 30 vagas gratuitamente e o objetivo é familiarizar os participantes com a técnica e a prática do haikai (poesia mínima de origem japonesa), sem a necessidade de um conhecimento prévio dos alunos.

Encerramento – O poeta e jornalista paulistano Ademir Assunção se apresentará no encerramento do festival, às 20h do domingo (20), no Centro Cultural São Francisco. Em seu repertório, uma fusão da poesia com a música, em que a palavra se reveste de entonações, ritmos, divisões e prosódias inusitadas, dentro de estruturas de blues, baladas, jazz e rock. A entrada é gratuita.