‘Casarão 34’ será palco do novo show do músico Adeildo Vieira

Por - em 52

Depois de seis meses embrenhado em estúdio, dedicando-se à gravação do novo álbum, o cantor e compositor paraibano Adeildo Vieira volta aos palcos para um ‘Abraço Cantado’. O título do show reflete bem a proposta intimista do artista, que pretende contar sua carreira em melodia, apontando ainda as esperanças sobre o viés musical que está por vir. Esse encontro harmônico entre o passado e o futuro será nas próximas quarta (15) e quinta-feira (16), no primeiro piso Casarão 34, a partir das 20h. A entrada é gratuita e a apresentação tem o apoio da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

A missão de se afastar das apresentações para mergulhar no mundo do estúdio, longe do calor humano, fomentou em Adeildo uma sede urgente em reatar o contato com a platéia. “A ausência dos palcos gera uma certa angústia, pois ficamos distantes das pessoas que nos dão força pra manifestar a nossa musicalidade. O relacionamento com o público nos traz, além dessa empatia orquestrada pela música, um processo de inspiração cotidiana”, observou o compositor.

O show, que será em formato voz e violão, terá no repertório canções do primeiro CD, intitulado ‘Diário de Bordo’ (2000), a exemplo da conhecida ‘Amorério’ e ‘Memória das Águas’, sendo esta última resultado de uma parceria com o poeta Lúcio Lins. O público que for ao Casarão 34 na quarta e quinta-feira poderá ainda conferir músicas do DVD ‘Chega Junto’ (2008), como ‘Fado da Procura’, composta em Portugal.

Os dois dias de apresentação será um momento também para Adeildo “esquentar as turbinas” rumo ao lançamento do mais novo CD, ‘Há Braços’, que está em fase de prensagem. A previsão é que o trabalho chegue às mãos dos fãs em setembro deste ano. O álbum tem canções inéditas e outras que abasteceram o repertório dos shows do cantor, realizados nos últimos nove anos, desde o primeiro registro fonográfico.

A capacidade de público para o primeiro piso do Casarão 34 é de 60 pessoas. Por isso, Adeildo Vieira decidiu fazer dois dias de apresentação. Além da parceria com a Funjope, ‘Abraço Cantado’ tem também apoio dos cantores e compositores Chico Ribeiro e Jaqueline Alves.

Localização – O Casarão 34 fica na rua Visconde de Pelotas, n◦34, Centro de João Pessoa, em frente à Praça Dom Adauto. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone 3218-9708, no horário comercial.  

No Casarão 34, durante as duas apresentações de Adeildo Vieira, serão vendidos o CD ‘Diário de Bordo’, na versão que o compositor chama de “pirata original”. Ou seja, reproduzido pelo próprio autor, já que a primeira edição está esgotada.
Também estará à venda o DVD ‘Chega Junto’. O trabalho é fruto de um show que leva o mesmo nome, realizado em novembro de 2007, no Theatro Santa Roza. O evento foi produzido pela TV Cidade João Pessoa.

Um artista do Musiclube – Adeildo Vieira nasceu na cidade paraibana de Itabaiana. O compositor foi um dos integrantes do movimento cultural conhecido como Musiclube da Paraíba, ao lado de artistas como Pedro Osmar, Chico César, Milton Dornellas, Paulo Ró e Escurinho.

O Musiclube é considerado por Adeildo um marco importante na carreira, em termos de formação estética e política. O movimento pregava que o artista deveria ter a consciência de que, quando está no palco, existe o público de um lado e os bastidores de outro. Em 2000, depois do lançamento do primeiro CD, ‘Diário de Bordo’, Adeildo conquistou o Troféu Imprensa, nas categorias de melhor disco e melhor compositor. A partir daí, vem mostrando seu trabalho em shows locais, nacionais e até internacionais.