‘Muriçocas’: sete trios e 400 mil na avenida, nesta quarta-feira

Por - em 35

Com mais de 15 atrações entre orquestras, escolas de samba, grupos de maracatu e artistas cantando em sete trios elétricos, o bloco ‘Muriçocas do Miramar’ – que promete arrastar cerca de 400 mil pessoas do Miramar até a praia de Tambaú – sai pela 22ª vez nesta quarta-feira (30), com o slogan ‘Pra não dizer que não falei de flores’ em homenagem ao cantor e compositor paraibano Geraldo Vandré. A concentração começa a partir das 19h, na ‘Praça das Muriçocas’, na rua Tito Silva.

Para animar os primeiros foliões, o grupo ‘Nação Maracatu Porto Rico’, de Pernambuco, se apresenta a partir das 20h no palco principal da concentração. Enquanto isso, no mesmo horário, na rua Nevinha Cavalcanti, os tambores da escola ‘Império do Samba’ vão aquecer os foliões. Já na rua Joaquim Avundano se concentra o ‘Nação Maracahyba’; e na Epitácio Pessoa, a escola de samba ‘Malandros do Morro’. A partir das 21h30, o ‘Maracatu Porto Rico’ desce do palco e segue na avenida com a saída do estandarte 2008, que será levado pela fundadora do bloco, Vitória Lima.

Novidade – Este ano, quatro orquestras – ‘JP Frevo’, ‘Frevioca’, ‘Maracatuara’ e ‘PB Frevos’ – vão executar repertórios carnavalescos desde as 20h até às 22h30 em pontos estratégicos, desde a esquina da Tito Silva até o Busto de Tamandaré, garantindo assim a animação dos foliões que estiverem na Epitácio Pessoa aguardando a passagem dos trios.

Às 22h está programado o show pirotécnico anunciando a saída dos estandartes e alegorias com a ‘Orquestra Sucuri do Frevo’ indo ao encontro dos trios que saem na seguinte ordem: Fuba, Diana Miranda, Chico César, Renata Arruda/Davi Moraes, Totonho/Volante Filipéia, Regina Brown/Dadá, Beto Brito.

A ‘Orquestra Metalúrgica Filipéia’ vai continuar na concentração animando os foliões que não quiserem acompanhar os trios. O bloco ‘Muriçocas do Miramar’ tem o patrocínio da Eletrobrás e da Chesf, por meio da ‘Lei de Incentivo à Cultura’ (Lei Roaunet, do Governo Federal), com o apoio da Prefeitura de João Pessoa (PMJP).