“Minha Casa, Minha Vida” já inscreveu 4 mil pessoas em JP

Por - em 49

A dona-de-casa Maria da Guia Silva, 39 anos, integra uma família de cinco pessoas que vive no bairro do Rangel. Com uma renda familiar em torno de um salário mínimo mensal, a família paga um aluguel de R$ 180, contas de água e luz, além da feira. Para aumentar a renda mensal, dona Maria da Guia também faz faxina, lava roupas e vende cosméticos.
Ela possui o perfil sócio-econômico da maioria das 4.097 pessoas inscritas no Programa “Minha Casa, Minha Vida”, aberto mês passado, pela Prefeitura de João Pessoa em parceria com Governo Federal.

O sonho da casa própria sempre esteve presente na vida de dona Maria da Guia. Em 1993, ela chegou a fazer inscrição num programa habitacional mas não foi selecionada. “Tenho mais fé nessa inscrição baseada no que tenho visto na cidade de João Pessoa”, disse ressaltando que o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) está trabalhando bem e que por esta razão acredita que desta vez a casa vai sair. “Todo dia peço a Deus uma casa e um emprego de serviços gerais”, declarou.

Enquanto aguardava a vez do cadastro, Maria da Guia contou que esta é a sexta casa que ela aluga para morar com cinco pessoas. Porém, seu sonho sempre foi morar em um apartamento próprio. “Todo dia é aquela angústia quando minhas filhas de 13 e 16 anos me pedem às coisas que todo jovem gosta e não tenho como atender ao pedido” disse.

Histórias como estas fazem parte do universo de paraibanos que vivem a peregrinação de adquirir um imóvel próprio para se livrar do aluguel. O programa “Minha casa, minha vida” continua com as inscrições abertas na sede da Associação dos Sargentos e ex-combatentes do Exército (ASSEX), ao lado da Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab), em Jaguaribe.

Quem podem se inscrever

 Famílias com renda de zero a três salários mínimos
 Que não tenha sido beneficiada em programa de habitação social do Governo
 Que não possua casa própria ou financiamento em qualquer lugar do Brasil
 Que mora em João Pessoa, há mais de 5 anos;

Documentos necessários

RG (carteira de identidade)
CPF do titular e do cônjuge;
Certidão de casamento,
Comprovante de residência
Comprovante de renda (formal e informal)

Imóveis oferecidos pela PMJP e já aprovados pela CEF

80 apartamentos no Alto do Céu (Mandacaru), à Rua José Barbalho Filho com a Avenida 10 e Avenida 4;
580 apartamentos no Bairro das Indústrias, na Rua B-11 com a Avenida das Indústrias;
80 apartamentos no Bairro dos Novais, na Rua Lourdes Meira com a Maria Tavares de Araújo;
32 apartamentos no Bairro Esplanada na Rua Ana Espínola Navarro com a Rua 01, (ao lado do Supermercado Makro, na BR 230).