1ª Semana de Consciência Homossexual começa nesta terça

Por - em 39

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza a partir desta terça-feira (12), a 1ª Semana da Consciência Homossexual. O objetivo é tratar sobre direitos humanos, legislação, gênero e discriminação das comunidades LGBT (Lesbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) e criar um plano municipal de enfrentamento à epidemia da AIDS junto à população LGBT. O evento acontece até quinta-feira, das 8h30 às 17h, no Hotel Netuanah.

De acordo com Roberto Maia, diretor do Centro de Testagem e Aconselhamento em DST/AIDS e chefe da seção DST/AIDS, o evento terá dois focos principais. “Trataremos muito sobre direitos sexuais e legislação envolvendo a população LGBT”, comentou.

Roberto esclareceu ainda que a questão do preconceito e o cuidado integral dos LGBT nas Unidades de Saúde da Família serão discutidos. “Além disso, vamos trabalhar também educação e diversidade. Muitas pessoas que estão entre os LGBT deixam de estudar porque sofrem muito preconceito, principalmente as travestis e as transexuais”, disse.

Na tarde desta terça-feira, será lançada a cartilha ‘LGBT à luz dos direitos humanos’. “Este é um trabalho das secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, além de diversos movimentos sociais, que estão engajados”, esclareceu Roberto. “Não podemos esquecer que vamos tentar criar um plano municipal de enfrentamento à epidemia da AIDS na população LGBT. Faremos grupos temáticos para construção deste plano e tentaremos traçar metas para os próximos dois anos”, disse Roberto, lembrando que a população LGBT tem uma prevalência maior de convivência com a AIDS. “Enquanto a população em geral tem prevalência de 0,6%, a LGBT é de 4,5%. E a maioria dessas pessoas tem entre 13 e 19 anos”, disse.