11ª unidade escolar reformada e ampliada é entregue nos Novais

Por - em 34

A alegria de pais e alunos marcou a entrega da reforma e ampliação da Escola Municipal João Santa Cruz, localizada no Bairro dos Novais, na manhã desta quinta-feira (28). Esta é a 11ª unidade que a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) recupera, através do Programa ‘João Pessoa Faz Escola’, além de oito colégios construídos.

Na unidade, onde estão matriculados 700 alunos nos três turnos no ensino fundamental I, II e Educação de Jovens e Adultos (EJA), também é desenvolvida a inclusão social e educacional, com educadores preparados que atualmente atendem 30 alunos e alunas portadores de necessidades especiais.

Na solenidade, que foi traduzida para Libras (Língua Brasileira dos Sinais), o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) descerrou a placa comemorativa cercado por alunos e destacou a atual política educacional voltada para a inclusão, convocando as comunidades para que façam bom uso das escolas reformadas e construídas pela administração municipal. “Fico feliz em encontrar uma integração entre alunos e professores como aqui, pois antes essas crianças não estavam no ambiente escolar. Mas, para que possamos avançar ainda mais, é preciso que todos se apropriem do que está sendo investido na rede educacional, pois essa não é uma conquista de um prefeito ou secretário, é a tarefa de uma política que visa criar as condições adequadas para fazer com que os que estudam nas escolas públicas tenham o melhor ensino”, afirmou o prefeito.

Durante o evento, a secretária de Educação, Ariane Sá, ressaltou não só a atenção pedagógica aplicada na rede municipal, mas também que a meta de estruturar as escolas de João Pessoa está sendo cumprida e que o objetivo da PMPJ é, em 2009, atingir o Índice de Educação Básica. “Temos 92 escolas e oito são modelo. As outras unidades com estrutura menos adequada estão sendo reformadas para garantir acesso a biblioteca ou sala de leitura, laboratórios de Ciências e informática entre outros, para que todas tenham o padrão estabelecido pela administração municipal”, disse.

Investimento – Com um investimento superior a R$ 200 mil, a Escola Municipal João Santa Cruz ganhou novas salas de aula, de informática, biblioteca, um laboratório de Artes e outro de Ciência, cozinha, calçadas, banheiros, um bloco de apoio do ginásio, além de rampas de acesso atendendo as normas de acessibilidade.
“Além dessas benfeitorias a escola teve uma sala reformulada para atender alunos com deficiência de aprendizagem, possibilitando que no turno oposto ao das aulas regulares os estudantes tenham acompanhamento adequado”, revelou o diretor da unidade, Gilberto Cruz.

Sonho antigo – Ansiosa para começar a estudar nas novas dependências da unidade de ensino, Amanda Sousa Siqueira, aluna do 8º ano, revelou que o maior desejo não é só que comecem as atividades de informática. “Espero aprender muitas coisas novas com as aulas na sala de informática”, ressaltou. Para Lindinalva Gomes da Costa, que é mãe de aluno e representante dos pais no Conselho Escolar da João Santa Cruz, a reforma e ampliação era um sonho antigo da comunidade. “A escola já era exemplar e a reforma ficou ótima e, com certeza, não só o meu filho mas todos terão mais qualidade de ensino”, disse.”