38 famílias de Mussumago realizam sonho da casa própria

Por - em 40

A Comunidade de Mussumago estava em festa no último sábado (15). O motivo foi a aquisição da casa própria para 38 famílias. A solenidade de entrega contou com a presença do prefeito Ricardo Coutinho (PSB), que ressaltou a acolhida carinhosa da população e disse que o seu sonho estava muito perto de se concretizar: “vai chegar o grande dia de dizer que em João Pessoa não tem mais casa de taipa. Eu sonho com este momento”. As habitações de taipa foram construídas em alvenaria através do Programa de Subsídio Habitacional (PSH) e de recursos da Prefeitura de João Pessoa (PMJP).

Desde o último dia 11 que o prefeito entrega casas em vários bairros da Capital. Em março, são 117 novos beneficiados com casas de alvenaria no Bairro das Indústrias, Funcionários I, Mussumago e no próximo dia 19, em Paratibe. Aos moradores de Mussumago, Ricardo Coutinho disse que a sua alegria não se concentra apenas na entrega de imóveis. São escolas, Postos de Saúde da Família (PSF), creches, praças, novas vias, estações digitais, iluminação, calçamento e tantos outros equipamentos comunitários. “Meu desejo é fazer as coisas sempre com dignidade”, disse.

O chefe do executivo municipal lembrou também que está muito satisfeito em saber que a população está mais madura e consciente. O prefeito aproveitou para pedir a população que zelem o bem público que é de todos e que por isso chama a responsabilidade de cada um de nós.

Ricardo Coutinho fez um balanço da política habitacional da PMJP para João Pessoa e disse que o PSH também é um gerador de emprego. Isto que dizer que dezenas de pessoas são contratadas como mão-de-obra especializada na construção de tantos imóveis na cidade. Ele lembrou que foram desativados os sete acampamentos e todos os abrigos que deveriam ser temporários e destacou que a Prefeitura de João Pessoa está tratando as pessoas que mais precisam com o respeito necessário.

A secretária de Habitação Social, Emília Correia Lima, disse que a política habitacional em execução nesta gestão municipal é continuada. Ao saudar a mulher, ainda dentro das homenagens ao seu dia internacional, lembrou que 70% dos contratos das casas são em nome delas. Disse que o medo que muitas sentiam a cada chuva pesada que caía na cidade agora não existe mais. “Vocês agora podem morar com dignidade e sem medo de chuva”, ressaltou.

Modelo – As unidades habitacionais construídas pelo PSH seguem um modelo padrão com uma área total de 37,2 metros quadrados distribuídos em sala, cozinha, banheiro e dois quartos. Cada moradia custa, em média, R$ 10 mil. O Programa de Subsídio Habitacional (PSH) é destinado às famílias de baixa renda. O PSH é um programa do Governo Federal (Ministério das Cidades) com a Prefeitura de João Pessoa.