Estacine exibe ‘Katyn’ e ‘Minha querida dama’ neste fim de semana

Por - em 84

O Projeto Estacine entra na terceira semana de maio exibindo filmes sobre a II Guerra Mundial e a diva do cinema americano, Audrey Hepburn. Neste sábado (19), por exemplo, o público poderá conferir, de forma gratuita, o drama polonês ‘Katyn’. Já no domingo (20), entra em cartaz o filme ‘Minha Querida Dama’, vencedor de oito Oscars. As sessões acontecem às 16h, na sala de audiovisual, na Torre Mirante da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano.

‘Katyn’ – A Segunda Guerra Mundial rendeu produções marcantes. É o caso de Katyn, nome de uma pequena cidade polonesa invadida simultaneamente por tropas soviéticas e nazistas em 1939. Os dois grupos queriam tomar o controle da Europa Central no início do conflito. Estima-se que entre 15 e 25 mil poloneses tenham sido aprisionados em campos de concentração ou mortos pelas duas forças.

No meio de todo esse conflito está Anna (Maja Ostaszewska), mulher do soldado Andrzej (Artur Zmijewski), que desaparece por anos depois de ser capturado. Nesse período, Anna alimenta a esperança de reencontrar o marido, só que desiste após a descoberta de covas coletivas no meio das florestas de Katyn.

Indicado em 2008 ao Oscar de melhor filme estrangeiro, ‘Katyn’ (Katyn, Polônia, 2007, 118 min.) é uma narrativa mais psicológica do que centrada na ação. Como curiosidade, o diretor do longa, Andrzej Wajda, vivenciou o drama na vida real: ele tinha 13 anos quando o seu pai foi vítima do massacre.

‘Minha Querida Dama’ – É um divertido musical que conta a história da florista Eliza Doolittle (Audrey Hepburn), dona de um sotaque londrino horrível. Ao topar com o professor de fonética Henry Higgins (Rex Harrison), este propõe um desafio a nova colega: o de transformar a mulher que mal sabe falar em uma distinta dama da alta sociedade em seis meses. A produção conquistou oito estatuetas: melhor filme, ator (Rex Harrison), diretor (George Cukor), direção de arte, fotografia colorida, figurino colorido, trilha sonora e som.

Recheado de muitos números musicais, o filme ‘Minha Querida Dama’ (My fair lady, EUA, 1964, 170 min.) escancarou um segredo para o público: como não cantava, Audrey teve de ser dublada.

Serviço:

Estacine Múndi

Filme: ‘Katyn’

Dia: sábado (19)

Horário: às 16h

Classificação: 14 anos

Estacine Cult

Filme: ‘Minha Querida Dama’

Dia: domingo (20)

Horário: às 16h

Classificação: livre

Local: Sala de audiovisual da Estação Cabo Branco – Altiplano

Informações: 3214-8303 / 8270