A peça ‘Ninguém falou que seria fácil’ estreia Projeto Vértice de maio

Por - em 96

O espetáculo de teatro ‘Ninguém falou que seria fácil’, do grupo Foguetes Maravilha (RJ), abre o ‘Vértice’ de maio. A peça será encenada nesta quarta-feira (23), no Teatro Santa Roza, a partir das 20h. A programação continua até o domingo (27), envolvendo ainda performances de dança e circo, além de oficinas. O projeto é inteiramente gratuito e é uma realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

‘Ninguém falou que seria fácil’ é uma espécie de jogo de amarelinha para adultos, traduzido em espetáculo ácido e ao mesmo tempo afetuoso. A peça mistura o cotidiano e o inusitado em uma estrutura fragmentada, que inclui filmes franceses dos anos 70, dança contemporânea, dramas familiares, exercícios metalinguísticos e fábulas para crianças.

No espetáculo, a discussão de um casal inicia um vertiginoso jogo de troca de papéis. O homem se torna pai, mas não quer deixar o colo da mãe. Enquanto isso, a filha argumenta racionalmente sobre as razões para não largar a chupeta e irmãos disputam comida, espaço e carinho. “Ninguém falou que seria fácil” traz as relações familiares para o centro da arena.

Foguetes Maravilha – o grupo do Rio de Janeiro foi formado em 2008, por Alex Cassal e Felipe Rocha. A primeira colaboração – o monólogo “Ele precisa começar” – estreou no mesmo ano e foi dirigido por ambos. O trabalho foi levado a festivais e teatros de todo o Brasil.

Felipe Rocha também assina a direção de “Ninguém falou que seria fácil”   a co-direção é de Felipe Rocha, que é o autor do texto. O elenco é composto por Stella Rabello, Renato Linhares e pelo próprio Felipe. A peça tem duração de 90 minutos, sendo recomendada para maiores de 16 anos.

Confira abaixo a programação completa do ‘Vértice’ de maio:

Espetáculos

23/05 (quarta-feira)

Atração: espetáculo de teatro ‘Ninguém falou que seria fácil’ (grupo Foguetes Maravilha – RJ)

Local: Teatro Santa Roza

Horário: 20h

24/05 (quinta-feira)

Atração: espetáculo de teatro ‘Ninguém falou que seria fácil’ (grupo Foguetes Maravilha – RJ)

Local: Teatro Santa Roza

Horário: 20h

Atração: espetáculo de circo ‘Le Petit Cirque Fratelli’ (grupo Acrobáticos Fratelli –  SP)

Local: Teatro de Arena do Espaço Cultural

Horário: 19h

25/05 (sexta-feira)

Atração: espetáculo de circo ‘Le Petit Cirque Fratelli’ (grupo Acrobáticos Fratelli –  SP)

Local: Teatro de Arena do Espaço Cultural

Horário: 19h

Atração: espetáculo de teatro ‘Quincas’ (Grupo Osfodidário – PB)

Local: Teatro Santa Roza

Horário: 20h

26/05 (sábado)

Atração: espetáculo de dança ‘Luz’ (Paracuru Cia. de Dança – Ceará)

Local: Teatro Santa Roza

Horário: 20h

27/05 (domingo)

Atração: espetáculo de dança ‘Luz’ (Paracuru Cia. de Dança – Ceará)

Local: Teatro Santa Roza

Horário: 20h

Oficinas

22/05 (terça-feira)

Tema: Oficina de teatro com Felipe Rocha, do grupo Foguetes Maravilha (RJ)

Local: Centro Cultural Piollin

Horário: 14h30 às 18h

23/05 (quarta-feira)

Tema: Oficina de circo com o grupo Acrobáticos Fratelli (SP)

Local: Teatro de Arena do Espaço Cultural

Horário: 9h às 12h

Tema: Oficina de teatro com Felipe Rocha, do grupo Foguetes Maravilha (RJ)

Local: Centro Cultural Piollin

Horário: 14h30 às 18h

24/05 (quinta-feira)

Tema: Oficina de circo com o grupo Acrobáticos Fratelli (SP)

Local: Teatro de Arena do Espaço Cultural

Horário: 9h às 12h

26/05 (sábado)

Tema: Oficina de Dança Contemporânea (com Ivaldo Mendonça, da Paracuru Cia. de Dança – Ceará)

Local: Sala de dança do Teatro Santa Roza

Horário: 9h às 12h

27/05 (domingo)

Tema: Oficina de Dança Contemporânea (com Ivaldo Mendonça, da Paracuru Cia. de Dança – Ceará)

Local: Sala de dança do Teatro Santa Roza

Horário: 9h às 12h