Aberta na Estação Cabo Branco exposição em memória do artista plástico Tobias Sauter

Por Adriana Crisanto - em 281

A exposição em memória do artista plástico Tobias Sauter, falecido em março do ano passado, se encontra aberta para visitação pública no primeiro pavimento da Torre Mirante da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. A exposição permanece em cartaz até o dia 7 de maio e o horário de visitação é de terça a sexta-feira das 9h às 18h e sábados, domingos e feriados das 10h às 21h. A entrada é gratuita.

Nesta exposição, o visitante vai encontrar obras da “Gira Mundo”, última exposição feita pelo artista em vida. São telas e instalações, fruto das andanças de Tobias Sauter pelo mundo, e também de material reciclado que ele catava nas praias de João Pessoa.

A artista plástica Lúcia França explicou que Tobias Sauter estruturava seu trabalho entre o passado e o presente em linhas e formas. São traços, cortes e gestos, transmutando-se a ferrugem em gravura e escultura. A chapa de ferro, plana, cresce rompendo o espaço, nasce à escultura, anima do desenho e do pensamento criativo deste artista intercontinental.

“Tobias garimpa nas praias parte da matéria-prima utilizada na produção de suas obras, objetos esquecidos e sem significado para as pessoas que passam anônimas sem ater-se ao gesto essencial de preservar a natureza. Estes materiais são resignificados e transformados em figurações e grafismos, reafirmando seu compromisso com a arte e com a natureza”, acrescentou Lúcia França.

A expressão dialética da obra de Tobias Sauter tem a força do metal, com tons fortes, terrosos e quentes, ao mesmo tempo em que é leve como o ar, fluidez absoluta em azuis profundos e nobres. “A estrutura sinuosa de sua escultura é metamorfose da linha em seus desenhos, traduzidos em beleza, serenidade e firmeza, revelando a força e a sensibilidade desse artista de múltiplas linguagens”, finalizou Lúcia França.

Artista – Tobias Sauter ficou conhecido por percorrer o mundo com suas experimentações e obras. Sauter era natural de Basel (Suíça), faleceu em março 2016, em João Pessoa, em decorrência de um trombo venoso, que já vinha tratando há alguns meses. Tobias não morava em João Pessoa, mas era apaixonado pela cidade e tinha um apartamento na praia do Cabo Branco. A cada dois anos ele vinha para cá expor seus trabalhos e visitar os muitos amigos que fez na capital paraibana.

 

SERVIÇOS:

EXPOSIÇÃO EM MEMÓRIA TOBIAS SAUTER

Entrada gratuita

Local: Primeiro pavimento da Torre Mirante

Visitação: terça a sexta (9h às 18h) e sábados, domingos e feriados  (10h às 19h)

Em cartaz até 7 de maio

Fones: 32148270 – 3214.8303

www.joaopessoa.pb.gov.br/estacaocb

 

CONTATO PARA IMPRENSA

Larissa França

Fone: 9 8690- 0179