Abertas inscrições para 20 oficinas oferecidas pelo ‘Novembro da Dança’

Por - em 28

Já estão abertas as inscrições para as 20 oficinas oferecidas pelo projeto ‘Novembro da Dança’, que acontece até o final de novembro, em diversos espaços da cidade. As oficinas serão realizadas a partir desta sexta-feira (09), até o dia 29 próximo. O Novembro da Dança é uma promoção da Prefeitura de João Pessoa (PMPJ), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

Os interessados em participar devem entregar a ficha de inscrição devidamente preenchida na sede da Funjope, situada na Praça Antenor Navarro, 06, no Centro Histórico da Capital, em horário comercial, com Kathlen Ribeiro. Os formulários estão disponíveis na sede da Fundação. Outras informações pelos telefones 3218.5502 (ramal 44) e 8896.8252.

Oficinas – Serão disponibilizadas um total de vinte oficinas, contemplando diferentes vertentes da dança, com ministrantes de vários estados do Brasil e públicos específicos. Existem opções iniciantes, dançarinos profissionais e professores da rede pública de ensino.

As oficinas oferecidas para iniciantes são ‘Dança Popular dos Congos de Pombal’, ministrada pelo Mestre Miguel Ferreira; ‘Olhar Contemporâneo Sobre as Danças Populares’, com Maurício Germano; ‘Princípio de Pilates e Eutonia’, com Canízio Vitório, ‘Breve História da Dança no Ocidente’, coordenada por Arthur Marques e ‘Despertar Feminino na Dança do Ventre’, com Kilma Farias.

Para os dançarinos profissionais, são oferecidas oficinas de ‘Ballet Clássico’, ministrada por Rosa Cagliani; ‘Tecido, Corpo e Arte’, com Mônica Infante e Laura Miranda; ‘Dança do Ventre’, com Laialy Suheil; ‘Criação, Composição e Pesquisa Coreográfica’, coordenada por Esther Weitzman; ‘Dança Aérea’, com Alexandre Bado; ‘Dança Contemporânea e Condicionamento’, com Ana Marques; ‘Criação e Pesquisa Coreográfica’, com Joyce Barbosa; ‘Ballet Clássico’, ministrada por Jane Dickie, e ‘Vídeodança’, com Alexandre Eras, esta última, direcionada a profissionais da dança e videastas.

Algumas oficinas têm como público preferencial os professores da rede pública de ensino, como ‘Composição Coreográfica’, com Arthur Marques; ‘Técnica Aliada a um Pensamento Pedagógico’, ministrada por Esther Weitzman; ‘Dança Como Brincadeira e Brincadeira de Dançar’, coordenada pelo Grupo Balangandança; ‘Oficina de Criação’, com Isabel Marques e ‘A Dança e Movimentos Rítmicos Expressivos na Infância’, coordenada por Rita Spinelli.