Aberto curso sobre Dinâmicas do climatério e menopausa em JP

Por - em 70

Foi aberto na tarde desta quinta-feira (29), pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), o I Curso de Sensibilização sobre Dinâmicas do Climatério e Menopausa. O evento aconteceu no auditório do Hospital Santa Isabel, bairro de Tambiá. A capacitação ocorre até o dia 05 de julho, sempre as quintas-feiras, das 14 às 15h. Podem participar mulheres com idade igual ou superior a 35 anos.

O curso é um projeto executado pela Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres, a ser desenvolvido junto às mulheres da comunidade em geral, em parceria com o Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que estuda o tema há 10 anos.

Segundo a Coordenadora de Saúde, Direitos Sexuais e Reprodutivos, da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, Jânia Paula, a proposta do curso é incentivar e desenvolver atividades em grupos, com caráter educativo-terapêutico e discutir a temática com as mulheres. “Serão realizadas palestras interativas sobre as questões específicas desta fase da vida da mulher, práticas de exercícios corporais, exercícios respiratórios, técnicas de relaxamento e dinâmicas de grupo”, disse Jânia Paula.

A Coordenadora do Departamento de Fisioterapia da UFPB, Juerila Barreto, que é a coordenadora deste projeto, considera que o climatério e a menopausa exercem uma importante influência na vida da mulher, essencialmente por suas repercussões sobre as estruturas funcionais e psicológicas. “Esta é uma fase onde o corpo da mulher passa por um momento de mudanças nos hormônios femininos e nada melhor que trabalhar o corpo e a mente para uma melhor qualidade de vida neste período”, disse a Coordenadora.

Juerila Barreto disse ainda que geralmente as mulheres começam a sinalizar este período quando chegam aos 40 anos, mas não necessariamente todas passam pelos mesmos sintomas. “Algumas mulheres sentem um calor fora do comum, outras alteram o estado emocional, sentem cansaço físico e insônia. Isso vai depender do estado físico e mental de cada mulher”, explicou.

Mais informações sobre o curso através do telefone 3221-4501 (Secretaria das Mulheres).