Ação limpa canais para evitar inundações durante o inverno

Por - em 41

Os canais que cortam comunidades localizadas em áreas de risco de João Pessoa estão passando por uma ação de limpeza. Agentes da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) fazem a retirada do lixo que é jogado no leito desses córregos pelos moradores, como forma de evitar inundações durante o período de chuvas. Dois canais já passaram pela ação de limpeza e, nesta quarta-feira (12), a equipe trabalhou na comunidade Beira da Linha, localizada no Alto do Mateus. Cerca de 60 toneladas de lixo já foram retiradas desses três canais.

O trabalho, que envolve 25 agentes de limpeza da Emlur e uma máquina retroescavadeira da Secretaria de Infra-Estrutura (Seinfra), integra o Plano de Contingência da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), coordenado pela Defesa Civil. Pelo menos 12 canais localizados em área de difícil acesso deverão ser limpos até a chegada do inverno.

O diretor de Operações da Emlur, Orlando Soares, falou da dificuldade de fazer a limpeza nesses locais. “É impressionante a quantidade de lixo que encontramos dentro dos canais. Os resíduos que encontramos lá dentro são os mais variados possíveis e vão de sacolas, garrafas até móveis e eletrodomésticos”, disse, lembrando que essas localidades são atendidas regularmente pela coleta de lixo e, por isso, “não há justificativa das pessoas jogarem os resíduos em locais inadequados”.

Educação ambiental – Além do trabalho de limpeza, a Emlur dará início na próxima semana a ações de educação ambiental dentro das comunidades localizadas em área de risco. Fiscais e educadores ambientais da Autarquia abordarão os moradores dessas localidades levando informações sobre a forma correta de fazer o acondicionamento dos resíduos e falando dos problemas que são gerados ao se jogar lixo em local inadequado.

“Nessas ações mostramos que quando se joga o lixo em encostas, terrenos baldios ou dentro dos corpos de água eles poderão provocar alagamentos e ainda trair vetores causadores de doenças”, lembrou a superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto.

Várias comunidades do tipo já receberam ações de limpeza este ano. “Nos arrastões que realizamos dentro dos bairros, estamos dando uma atenção especial às comunidades construídas em áreas consideradas de risco, para evitar problemas com a chegada das chuvas”, contou o diretor de Operações, lembrando que na próxima semana as ações de limpeza e de educação ambiental da Emlur vão chegar à comunidade Saturnino de Brito, em Jaguaribe.