Ações de saúde são realizadas no Dia de Combate à Tuberculose

Por - em 31

“A tuberculose pode matar. A falta de informação também”. Com esse lema, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza nesta quarta-feira (24), a partir das 8h, uma série de atividades em alusão ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose. As ações acontecem no Parque Solon de Lucena, na Unidade Integrada de Cruz das Armas e nas Unidades Básicas de Saúde espalhadas pelos cinco distritos sanitários da Capital.

No Parque Solon de Lucena, cerca de 40 profissionais entre agentes de saúde, apoiadores e técnicos de saúde estarão distribuindo material educativo e tirando as dúvidas da população a respeito do contágio e tratamento da tuberculose. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, cerca de 100 milhões de habitantes estão infectados pelo bacilo da tuberculose no mundo todo e, segundo as estimativas da OMS, 35 milhões de habitantes irão falecer da doença até 2020. Em João Pessoa, foram notificados 297 casos em 2009, com três óbitos registrados.

A tuberculose é transmitida de pessoa para pessoa, pela respiração, quando alguém doente tosse, fala e espirra, e outra pessoa respira esse ar contaminado. Tosse persistente por mais de três semanas, febre baixa, perda de peso, falta de apetite, dor no peito e fraqueza são sintomas que devem ser informados ao médico.

O usuário com suspeita de tuberculose pode se dirigir a qualquer uma das Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Capital. O tratamento da tuberculose tem duração de seis meses, é gratuito e está disponível para os usuários do SUS.

Em João Pessoa, a SMS disponibiliza tratamento gratuito em três centros especializados, além das UBS’s:

Centro de Atenção Integral à Saúde do Cristo, localizado na Rua Olívia de Almeida Guerra, nº 50, telefone 3214-2623

Unidade Integrada de Cruz das Armas, localizado na Avenida Cruz das Armas, s/n, telefone 3218-5859

Unidade de Saúde da Família Roger I e II, localizado na Rua 19 de março, s/n, telefone 3218-9840