Agentes da Emlur fazem arrastão em 4 bairros de João Pessoa

Por - em 40

O inverno na cidade de João Pessoa aumenta a demanda dos serviços de varrição, roço e capinação. Esta semana, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) intensificou a ação de limpeza nos Bancários, Tambauzinho, Bessa e Cristo Redentor. O objetivo desse trabalho é deixar as ruas e canteiros limpos, melhorando a visibilidade e a segurança de motoristas e de pedestres. Os trabalhos estão sendo realizados pelas equipes de limpeza da Emlur, Líder, Limp Fort e Marquise.

No bairro do Cristo Redentor, 16 agentes fizeram toda a limpeza da avenida Raniere Mazille e no entorno do Ginásio Ronaldão. Em Tambauzinho, a equipe, composta de 30 agentes, está limpando a parte externa do Espaço Cultural com a capinação e varrição.
Nos Bancários, o arrastão está sendo feito em toda a Avenida Sérgio Guerra para deixá-la limpa e organizada. Como a limpeza dos canteiros é feita próximo ao meio-fio, estão sendo utilizando cones para garantir a segurança dos trabalhadores.

Na operação, os agentes de limpeza utilizam enxadas, carros de mão e raspador de aspas, para retirar o mato das calçadas e dos cantos do meio-fio, roçadeira e vassouras. No final do serviço, o caminhão caçamba faz todo recolhimento do entulho. A população também deve colaborar com a limpeza, acondicionando o lixo de forma correta e evitando sujar as ruas. Nos Bancários, a coleta regular é feita todas as segundas, quartas e sextas à noite. A orientação da Emlur é que os moradores coloquem o lixo em sacos plásticos, nos dias e horários próximos à passagem do caminhão de lixo.

O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, considera os arrastões positivos na medida em que atende as solicitações dos moradores e deixa a cidade bem cuidada, melhorando a qualidade de vida dos pessoenses.

De acordo com o diretor de operações, Orlando Soares, por conta do inverno e das dificuldades de se transitar em algumas ruas, há um aumento na demanda dos serviços de capinação e varrição, sendo necessário realizar operações mais intensivas para suprir as deficiências. “O mato cresce mais rápido e, por isso, temos que intensificar esse trabalho nas ruas e avenidas”, explicou o diretor.

A empresária Renilda Dias mora há seis anos nos Bancários e aprovou a ação de limpeza nas vias públicas. “A limpeza teve melhora significativa. A cidade está mais limpa”, ressaltou. Para Renilda Dias, é importante também que os moradores preservem o meio ambiente, não jogando lixo nas ruas, nos rios e nos esgotos. “A limpeza da cidade depende não só do poder público, mas de todos nós”, enfatizou.

Morador dos Bancários há 35 anos, o aposentado João da Silva reconhece que João Pessoa mudou para melhor, principalmente no quesito limpeza urbana. “Quem anda pela cidade vê que ela está mais limpa, organizada, o trânsito ficou melhor e os rios estão sendo revitalizados. Isso só traz benefícios para a população, que também deve procurar ajudar o poder público a manter a cidade limpa”, disse o morador.