Agentes da Guarda Municipal são homenageados pela PMJP

Por - em 30

José Luiz Sobrinho exibia a carteira de vacinação na mão e o orgulho de, aparentemente, não ter qualquer problema de saúde. “Minha pressão está como a de uma criança, sem problemas”, disse ele orgulhoso, depois de medir a pressão e fazer o exame de glicemia. José foi um dos cerca de 200 guardas de João Pessoa que participaram nesta quarta-feira (27) do Dia da Saúde do Guarda Municipal, uma iniciativa da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) de promoção e incentivo à prevenção da saúde dos homens e mulheres que compõem a Guarda da capital.

O evento, que teve o apoio da Secretaria de Saúde do Município, contou com a realização de um café da manhã servido no estacionamento do Hospital Santa Isabel. No local, os guardas municipais também puderam fazer exames clínicos, consulta oftalmológica, avaliação da pressão arterial e ainda orientação à saúde bucal. A secretaria de saúde também disponibilizou vacinas contra a gripe, tétano e hepatite e distribuição de preservativos.

“Creio que, no futuro, a Guarda Municipal terá um papel muito maior e de extrema importância na promoção da segurança das cidades. Hoje, nossa Guarda é voltada não só para a proteção e segurança dos bens públicos e ganha elogios pela maneira de atendimento à população. Portanto, nada mais justo do que promover ações como essas, de promoção a prevenção à saúde e, com isso, ao próprio desenvolvimento humano de todos eles”, destacou o vice-prefeito Luciano Agra, que prestigiou o evento, representando o prefeito Ricardo Coutinho.
        
Avaliação – As ações de prevenção à saúde da guarda municipal da Capital não param nesta quarta. A idéia é acompanhar, ao longo de todo o ano, como andam as condições físicas e o bem-estar de todos os mais de 500 homens e mulheres que compõem a equipe.

“A partir de agora os guardas terão que passar por avaliações médicas e fazer exames clínicos anualmente e até mais de uma vez por ano em alguns casos. Queremos acompanhar de perto as condições de saúde de todos eles, até porque entendemos que isso também é fundamental para que possam realizar bem o trabalho no dia a dia”, enfatizou o superintendente da Guarda Municipal de João Pessoa, José Bernardino.

“Esta foi uma primeira avaliação. A partir daí, vamos começar a identificar os casos que precisam de acompanhamento e encaminhá-los para os Programas de Saúde na Família ou realizar outras ações como essas”, informou ainda a diretora do Distrito Sanitário IV da SMS, Márcia Rique.

Segundo o superintendente adjunto da Guarda, Tenente Anderson Ramos, para se ter uma idéia da importância dessa primeira ação realizada pela prefeitura, mais da metade da Guarda Municipal trabalha na segurança dos postos de saúde de João Pessoa, mas nem sempre isso significa que boa parte deles mantenha cuidados redobrados com a saúde.  “São homens que atuam nos postos, mas nem sempre se preocupam com a própria saúde”, reforça. 
 
Pioneirismo – Mesmo não sendo o caso de seu José Luiz Sobrinho, de 60 anos, e há 26 trabalhando na Guarda Municipal de JP – que garante estar em ótimas condições físicas – a iniciativa da Prefeitura de realizar esse alerta, segundo ele, merece elogios. “Isso tudo é muito importante. Estou na Guarda há muitos anos e nunca vi um dia como esse”. Gilvanete Oliveira, de 42 anos, e uma das quatro mulheres que compõem a Guarda da capital, também reforça. “Acho muito bom esse tipo de evento por termos a oportunidade de fazer exames preventivos”, concluiu.