Agentes da Semob-JP agem rápido para reduzir transtornos à população durante protestos

Por Pollyana Sorrentino - em 841

Com o objetivo de reduzir os transtornos à população, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) segue nesta segunda-feira (28), monitorando todos os pontos de bloqueios no trânsito promovidos por manifestantes em diversas localidades da Capital. Nas últimas 8 horas, os agentes de mobilidade precisaram realizar intervenções em pelo menos 11 atos distintos.

Pela manhã, as ocorrências foram na rotatória do CT (entrada dos Bancários), Gama e Melo x Cardoso Vieira, Padre Meira x Parque da Lagoa Sólon de Lucena, B. Rohan x Padre Azevedo, Avenida Sanhauá (em frente à CBTU), Terminal de Integração do Varadouro (TIV) e Terminal da Lagoa. À tarde, os bloqueios ocorreram na Miguel Couto, João Cyrilo (Altiplano), além de uma carreata na área central e outra saindo do Busto de Tamandaré, no sentido Epitácio Pessoa.

Além de realizar a sinalização dos trechos e os desvios, os agentes de mobilidade também orientam rotas alternativas a serem seguidas e mostram a importância do respeito à sinalização para garantir a segurança viária de todos.

“Nosso esforço é em prol de garantir ao cidadão menos transtornos e mais fluidez nos pontos congestionados, diminuindo o tempo de espera no trânsito e evitando conflitos que possam chegar a causar acidentes”, ressalta Wallace Massini, superintendente adjunto da Semob-JP.

Para identificar e acompanhar os manifestos, as 68 câmeras de monitoramento e fiscalização da Semob-JP estão sendo observadas pelos agentes que permanecem no Centro Operacional de Trânsito e Transporte (COTT), entre 6h e 0h.