Agentes de limpeza começam a receber novos fardamentos

Por - em 28

Os agentes de limpeza da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) começaram as receber os novos fardamentos nesta quinta-feira (20). Até agora foram distribuídas 250 fardas das 1,6 mil que serão entregues até o final do mês. Cada agentes de limpeza recebeu dois quites, que são compostos de roupas e itens de segurança como luvas e botas, para que possam desempenhar o trabalho com segurança.

Cada agente vai receber duas camisas e duas bermudas, feitas com um tecido resistente, mas confortável. A farda vem com o número da matrícula do servidor, para que a população possa identificá-lo e para que a roupa não possa ser transferida para ninguém. Além disso, os agentes de limpeza recebem dois bonés, um par de botas e um par de luvas.

Entrega – As novas fardas foram entregues pela superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto e pelo diretor Administrativo Financeiro, Coriolano Coutinho, na manhã desta quinta-feira. Os diretores da Autarquia destacaram a importância de os agentes usarem os fardamentos como item para identificá-los e ainda para garantir a segurança durante o desempenho da tarefa.

A superintendente disse que é essencial que os agentes de limpeza usem o fardamento completo, para que possam ser reconhecidos pela população durante a sua atividade e como forma de segurança pessoal. “Além de identificá-los, a farda se constitui em um item de segurança. As luvas servem para que não haja o contato com os resíduos que são coletados e ainda para proteger as mãos. As botas, que foram confeccionadas com um material bem confortável, protegem os pés de cortes, arranhões e do contato direto com o lixo, evitando assim problemas de saúde”, frisou.

O diretor Administrativo Financeiro aproveitou a oportunidade para parabenizar os agentes pelo trabalho que eles vêm desenvolvendo em João Pessoa. “A Cidade alcançou um patamar de referência no quesito limpeza e isso se deve, principalmente, ao trabalho desenvolvido por vocês”, disse. De acordo co Coriolano Coutinho, a ação da Emlur na Capital já vem sendo reconhecida pela população, que atribuiu uma aprovação de 92% ao trabalho de limpeza urbana, durante pesquisas realizadas estes ano.

Os primeiros agentes de limpeza que receberam as fardas foram Valdecir Anselmo da Silva e José Braz Pereira. O servidor Valdecir, que trabalha há 12 anos na Emlur, disse que é muito importante o agente de limpeza andar fardado, como forma de ser identificado. Para José Braz, que há 16 anos integra o quadro de agentes de limpeza da Autarquia, o fardamento evita que ele use as suas roupas no trabalho. “O bom é que recebemos duas fardas, então, quando uma estiver lavada eu já uso a outra”, disse.