Agentes de limpeza realizam sonho de saber ler e escrever

Por - em 35

Uma cerimônia emocionante marcou a solenidade de entrega dos certificados de conclusão dos programas de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur). O evento teve aconteceu nesta quarta-feira (22) no Centro de Capacitação de Professores (Cecapro), na Avenida Beira Rio, com a presença dos 63 agentes de limpeza que concluíram os cursos, autoridades, professores e familiares.

No início de 2008, a Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Secretaria de Educação (Sedec), em parceria com o Governo Federal, estruturou dentro da Emlur oito salas de aula do Programa Brasil Alfabetizado, onde os agentes puderam ter contato com as primeiras letras.

Já em 2009, o Brasil Alfabetizado continuou e foi implementado o Projeto de Educação de Jovens e Adultos, relativos ao primeiro ano e segundo ano do ensino fundamental (Ciclo I). Este ano, houve a continuidade dos dois programas, onde 63 servidores concluíram o curso lendo e escrevendo.

Durante a solenidade coube ao agente de limpeza, José Milton dos Santos, da equipe que trabalha na área de Mangabeira, falar em nome dos concluintes. Emocionado, Milton agradeceu a Deus pelo dom da vida, aos professores pela paciência e compreensão que tiveram para ensiná-los e à direção da Emlur por terem dado a oportunidade de realizaram um grande sonho, que o de aprender.

O superintendente da Emlur,Deusdete Queiroga, parabenizou os agentes de limpeza, agradeceu à Sedec pela parceria e à equipe de capacitação da Emlur. Ele lembrou as dificuldades enfrentadas pelos agentes para frequentar as aulas mesmo depois de um dia de trabalho “Desejo sucesso e peço que continuem estudando”, salientou o titular da pasta.

O adjunto da Secretaria de Planejamento, Alexandre Urquiza, ex-superintendente da Autarquia, representou o prefeito da Capital, Luciano Agra, na solenidade. Urquiza falou de sua alegria em participar da entrega dos certificados aos agentes de limpeza. Segundo ele, a realização desse sonho só foi possível por decisão de uma gestão que não olha apenas para a cidade, mas também para as pessoas. “É fundamental aprender a ler e escrever para poder entender a informação”, disse Urquiza.

A coordenadora do Setor de Capacitação da Emlur, Isabella Maria, disse que os funcionários que concluíram os programas de alfabetização deram um salto em busca do conhecimento. “Superando as dificuldades, eles alcançaram um objetivo maior. Pode ser pouco para muitos, mas é muito para quem há algum tempo não conhecia as letras”, afirmou.

O ponto alto da cerimônia foi a entrega dos diplomas. “Para mim é muito importante, pois antes eu tinha que pedir ajuda para pegar ônibus ou comprar alguma coisa. Agora me sinto uma cidadã, não tenho mais vergonha”, disse Dona Maria Pinheiro, da turma que trabalha na área da Torre.