Agra apresenta Empreender-JP para gestores de Minas Gerais

Por - em 20

O prefeito Luciano Agra recebeu a visita de gestores públicos e representantes do Sebrae do estado de Minas Gerais, na noite desta última segunda-feira (13), no Centro Administrativo Municipal. A caravana veio conhecer de perto como funciona o Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios (Empreender-JP), desenvolvido pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) e, que há cinco anos, vem aumentando a geração de emprego e renda dentro da Capital, beneficiando o total de 9.896 pequenos empreendedores. Nesta terça-feira (14), a equipe de Minas Gerais e do Empreender-JP participam de um café da manhã no Hotel Quality, na praia do Cabo Branco.

O prefeito Luciano Agra ressaltou o caráter de prioridade do modelo adotado pelo Empreender-JP em benefício da população de baixa renda. “É importante que todos entendam que a nossa opção desde o início foi e é pelos excluídos, e que um dos princípios fundamentais desse programa é a impessoalidade; não há indicados, mas sim escolhidos por suas próprias capacidades”, disse ele aos gestores.

“O Empreender não é uma linha de financiamento comum, mas um programa de inclusão social, que busca investir na capacidade das pessoas de poderem desenvolver seus próprios empreendimentos”, destacou o secretário de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp), Raimundo Nunes, que esteve presente ao encontro juntamente com o diretor de Fomento, Ruy Ribeiro, e o secretário de Articulação Política de João Pessoa, Dunga Jr.

O secretário Raimundo Nunes também citou os números positivos do projeto e lembrou alguns dos municípios que já começam a implementar idéias similares de geração de renda fora da Paraíba. “Já investimos mais de R$ 23 milhões em um programa que começa a ser desenvolvido também em municípios como Petrolina, Jaboatão dos Guararapes e Timbaúba, em Pernambuco”, frisou.

Durante o encontro, ainda foram discutidos detalhes sobre como funciona o fundo de investimentos do Empreender e outros recursos utilizados pela PMJP para geração de renda entre a população mais carente. O prefeito também citou outros projetos na área de produção e de incentivo aos pequenos negócios, além do trabalho desenvolvido pelo município direcionado especialmente aos comerciantes ambulantes de João Pessoa.

“O governo municipal precisava colocar em prática certos fundamentos para garantir uma melhor distribuição de renda entre a população e captar recursos a serem destinados aos mais carentes”, disse Agra.

Exemplo que deu certo – Os nove gestores que estão visitando a capital fazem parte da lista de municípios vencedores na 6ª Edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor realizado em Minas Gerais, a exemplo das cidades de Contagem, Poços de Caldas e Betim. “O nosso objetivo é fazer com que prefeitos e secretários possam conhecer ações exitosas que beneficiem micro e pequenos empresários, a exemplo do programa da prefeitura de João Pessoa”, explicou o consultor de Políticas Públicas e Articulação Institucional do Sebrae-MG, Cássio Silva Duarte.

“Estamos podendo conhecer um projeto que já apresenta resultados e que tem uma preocupação com a questão social. E o gestor que não estiver com um olhar para o social, está fadado ao fracasso”, comentou também o prefeito de Poços de Caldas, Paulo César Silva.

Como funciona – A caravana trazida a João Pessoa pelo Sebrae de Minas participa nesta terça-feira (14) de um café da manhã promovido pela Sedesp no Hotel Quality, no Cabo Branco, onde o secretário Raimundo Nunes irá apresentar detalhes sobre o funcionamento e números do Empreender-JP desde que começou a ser implementado, em julho de 2005.