Agra discute novas parcerias para projetos sociais em JP

Por - em 38

O prefeito Luciano Agra reuniu-se na manhã desta terça-feira (15) com representantes no Brasil do Banco de Desenvolvimento da América Latina, antes chamado de Cooperativa Andina de Fomento (CAF), uma instituição financeira que incentiva o desenvolvimento sustentável e a integração entre os países da região. A reunião foi para discutir futuras cooperações entre as partes e aconteceu no gabinete do Centro Administrativo do Município (CAM), em Água Fria. Participaram da reunião a diretora da CAF, Moira Paz Estenssoro, do executivo José Rafael Neto, e também do secretário de Finanças de João Pessoa, Aldo Prestes.

Durante o encontro, o prefeito Luciano Agra conheceu mais detalhes sobre a cooperativa e suas linhas de atuação em projetos que, em sua maioria, são em benefício das comunidades mais carentes na América Latina. “A prefeitura de João Pessoa enxerga com muito otimismo esse primeiro contato com a CAF. Mesmo com o nosso equilíbrio econômico-financeiro, ainda temos pouco acesso a fontes de financiamento para projetos sociais”, disse ele.

Projetos sociais – Luciano Agra também citou algumas iniciativas que já vêm sendo realizadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa que buscam melhorar a qualidade de vida dos pessoenses e, principalmente, os projetos futuros para a área de meio ambiente e transportes públicos. “Atualmente estamos com 100 obras físicas sendo executadas em toda a cidade. Queremos agora dar andamento aos projetos de intervenção no sistema de transporte público e na implantação do sistema municipal de unidades de conservação e parques; este último também nas áreas periféricas”, destacou.

A representante da CAF no Brasil garantiu que a instituição tem grande interesse em atuar com apoio em alguns desses projetos. Uma nova reunião deverá ser marcada para discutirem mais detalhes sobre uma possível cooperação futura. “Esperamos poder estabelecer uma parceria com o governo municipal de João Pessoa, e vamos apoiar os projetos que estiveram ao nosso alcance”, disse Moira Paz.

A CAF é formada por 18 países da América Latina, Caribe e Europa e conta com 14 bancos privados. A Cooperativa, criada em 1970, tem como maior fonte de recursos os mercados de capitais internacionais. A sede da instituição funciona em Caracas, na Bolívia, e ainda há escritórios em vários países, como nas cidades de Brasília, Buenos Aires, La Paz, Bogotá, Quito, Madri, Cidade do Panamá, Lima e Montevidéu.