Agra entrega 182 contratos na abertura do I Salão Municipal do Empreendedor

Por - em 70

O prefeito Luciano Agra entregou, nesta segunda-feira (3), 182 contratos de empréstimo no valor total de R$ 614 mil. A entrega ocorreu na abertura do I Salão Municipal do Empreendedor, organizado pela Secretaria do Trabalho, Produção e Renda para divulgar a produção dos micro e pequenos empresários atendidos por projetos da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). O evento acontece no final da Avenida Epitácio Pessoa, próximo ao Busto de Tamandaré. Até este ano, foram mais de 22 mil contratos e cerca de R$ 50 milhões em investimentos.

“Fazer este evento no mês de dezembro foi uma escolha nossa para que o público seja mais abrangente”, disse o prefeito, em relação ao Salão. Para ele, além da entrega dos contratos, o evento serve para mostrar que os empresários locais são capazes de investir e crescer, fazendo girar a economia local. Ele ressaltou ainda que o Empreender tem se ampliado cada vez mais, confirmando que vale a pena investir nos pequenos empresários paraibanos. “Nos dois últimos anos, quadruplicamos os investimentos”, acrescentou.

A entrega dos contratos fez parte da 92ª cerimônia de liberação de empréstimos e será a última de 2012. Dos 182 contratos entregues pelo prefeito, 125 foram na modalidade da linha de crédito tradicional. Os demais estão incluídos em sete linhas especiais de crédito: 50 +, Mercados Públicos, Capital de Giro, Empreender Jovem, Empreender Mulher, Empreender Solidário e Cinturão Verde.

Evento – O I Salão Municipal do Empreendedor estará aberto ao público até o dia 16 deste mês. Os interessados em ir ao evento terão das 17h às 22h para visitar os 76 boxes instalados nas proximidades do Busto de Tamandaré. O Salão é aberto ao público.

No local, os visitantes vão poder adquirir, por exemplo, roupas, calçados, bolsas, bijuterias, peças de decoração e artigos domésticos. Vão poder, também, saborear os pratos servidos na Praça da Alimentação.

O programa – Criado em 2005 para atender grupos minoritários em situação de risco social e econômico, o Empreender-JP, em quase sete anos de existência, se modernizou. De acordo com Raimundo Nunes, titular da Secretaria de Trabalho, a atual gestão passou a olhar de modo diferenciado para aqueles que precisavam do Empreender-JP, o que resultou em novas linhas de crédito.

O Empreender-JP tem uma taxa de juros de 0,9% ao mês e não cobra taxa de abertura de crédito, como ocorre nos bancos. Para a linha do Cinturão Verde, exclusiva dos produtores rurais do município, o pagamento pode ser feito em até 36 meses. O valor máximo padrão de empréstimos é de até dez salários mínimos, podendo ultrapassar esse valor em situações específicas.