Agra participa da abertura oficial da Campanha da Fraternidade 2012

Por - em 57

O prefeito Luciano Agra participou nesta sexta-feira (24) da abertura da Campanha da Fraternidade 2012, na Paraíba. A solenidade aconteceu no Teatro Paulo Pontes, em João Pessoa, e contou com a presença do arcebispo metropolitano da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, e representantes dos governos municipal, estadual e federal. Com o tema “Fraternidade e Saúde Pública” e o lema “Que a saúde se difunda sobre a terra”, o objetivo da campanha é disseminar o conceito do bem viver e discutir a saúde pública no Brasil.

Segundo Agra, a escolha do tema não poderia ser mais oportuna visto que é preciso reforçar e melhorar cada vez mais os serviços de saúde pública. “A CNBB é uma das instituições mais sérias do país e a sua atuação reflete não só nas esferas públicas, mas também no seio da sociedade. Estamos disponibilizando todo o nosso aparato de saúde para a campanha de forma a participar ativamente, pois sabemos que a saúde pública já deu muitos avanços, mas é preciso ir além e conquistar muito mais”, destacou.

A secretária de saúde do município, Roseana Meira, afirmou que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) participará ativamente da campanha. “Estamos à disposição para todos os debates e divulgação que forem necessários para que juntos a gente avance nos indicadores de redução da mortalidade infantil e materna, no índice de doenças sexualmente transmissíveis e no combate à Aids. Enfim, estaremos empenhados para que a população seja cada vez mais informada, pois assim, teremos aumentado a nossa capacidade de prevenir e proteger a saúde dos cidadãos”, enfatizou.

Campanha – Todos os anos, durante o período quaresmal, tempo de conversão, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realiza a Campanha da Fraternidade, que tem por objetivo despertar a solidariedade de seus fiéis e de toda a sociedade em relação a um problema concreto que envolve toda a nação, buscando uma solução para o mesmo.

O arcebispo Dom Aldo Pagotto presidiu a solenidade de abertura do evento na Paraíba e ressaltou que a saúde pública é sempre um tema recorrente, inesgotável, porque está falando sobre a vida. “Nos unimos às autoridades para trabalhar no intuito de atender a população de forma preventiva e curativa. Vamos continuar a fazer aquilo que já estamos fazendo. Precisamos propiciar a otimização do SUS (Sistema Único de Saúde), um dos programas mais prestigiados mundialmente, no entanto, ele tem lacunas consideráveis. Melhorar o atendimento humanitário e incentivar parcerias público privadas são também um dos nossos objetivos”, acrescentou.

Conferência – Após a abertura oficial da Campanha da Fraternidade, foi realizada a palestra “Saúde Pública – Desafios e Perspectivas”, pelo diretor nacional de Auditoria do SUS, Adalberto Fulgêncio. Para ele, o tema da campanha está em sintonia com a vontade do povo. “A população brasileira está dizendo para todos os políticos e para todos nós que a saúde pública é uma prioridade. Neste sentido, a gente quer saudar a igreja católica por essa sintonia e eu não tenho a menor dúvida que juntos vamos elevar os índices e melhorar cada vez mais o atendimento de saúde pública”, revelou.