Alto do Céu ganha nova unidade de saúde da família, nesta quarta

Por - em 137

O prefeito Ricardo Coutinho inaugura, às 10h desta quarta-feira (3), no bairro Alto do Céu, a sexta unidade de Saúde da Família (USF), construída pela Prefeitura de João Pessoa, dentro do modelo de USF Integrada, que abriga quatro equipes, responsáveis pelo acompanhamento de até 4 mil famílias ou cerca de 18 mil pessoas. Até o início do próximo ano, outros nove prédios deverão ser entregues. Na construção dessas 15 USFs, o Governo Municipal está investindo, aproximadamente, R$ 8 milhões na estruturação das instalações físicas da atenção básica da Capital.

A engenheira da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Cássia Reis, disse que foram investidos R$ 397.154,87 mil no prédio do Alto do Céu. “Geralmente, a USF Integrada custa cerca de R$ 500 mil, mas o terreno do Alto do Céu não permitia que fosse adotada a mesma estrutura de entorno das outras, diminuindo custos. A estrutura interna é a mesma: quatro gabinetes odontológicos, quatro consultórios médicos e quatro de enfermagem, salas de vacina e curativo, almoxarifado, copa, farmácia, duas baterias de banheiros (um deles adaptado para deficientes), salas de espera e de higienização, administração, câmara de lixo, recepção e registro”, informou.

A diretora de Atenção à Saúde da SMS, Márcia Rique, disse que o modelo de USF Integrada é mais viável por questão de segurança e economia de água, energia e telefone. “Os prédios oferecem mais comodidade, integração das equipes e tem a vantagem de funcionar durante todo o dia, porque as equipes se revezam e a unidade não fecha na hora do almoço”, disse. Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, os prédios estão localizados em áreas estratégicas em um raio de até um quilômetro de distância das residências das famílias atendidas. Além disso, os médicos da Família fazem visitas domiciliares, evitando o deslocamento de pacientes com problemas de mobilidade.

João Pessoa conta com 180 equipes do Programa Saúde da Família, distribuídas em vários bairros da Capital. A falta de estrutura física era uma das principais reclamações da comunidade. Por isso, o Governo Municipal decidiu construir novos prédios, pois a maioria das equipes estão abrigadas em casas locadas e adaptadas. Algumas delas, não tinham sequer portas nos cômodos, dificultando o atendimento e tirando a privacidade dos pacientes. Todas estão recebendo melhorias e os prédios localizados em terrenos próprios também deverão abrigar novas unidades.

NOVOS PRÉDIOS DO MODELO USF INTEGRADA:

Cidade Verde (Mangabeira)
Cristo Redentor (Rua Sérgio Lima)
Mangabeira IV (Rua Jorge Ramos)
Treze de Maio (Rua Maria Dias de Oliveira)
Alto do Mateus (Rua Joca Velho com Francisco José das Neves)

Concluídas:
Alto do Céu – em Mandacaru (Rua Porfírio Ribeiro)
São José/Chatuba (Rua Vigolvino Florentino Costa)
Ernani Sátyro (Rua Clênio Batista dos Anjos)

Em execução:
Cristo Redentor – 2ª unidade (Rua Dom Bosco)
Mangabeira II – 2ª unidade (Rua Roseane Fátima Clemente)
Cidade Verde – 2ª unidade (próximo ao terminal de ônibus)
Colinas do Sul (loteamento Parque Sul)
Jardim Veneza (loteamento)
Paratibe
Planalto Boa Esperança (Valentina)