Alunos da rede municipal participam de almoço na abertura da Semana Solidária

Por - em 304

DEN_3976Teve início na manhã desta segunda-feira (6) a “II Semana Solidária das Crianças” que atendeu alunos da Escola Municipal Antônio Socorro do Machado do bairro Monsenhor Magno. O evento é uma parceria da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Paraíba (Abrasel-PB). A abertura aconteceu no restaurante Estaleiro, localizado na praia da Penha.

“É uma atividade muito positiva por parte da Abrasel. Este ano dobramos a quantidade de escolas da rede municipal de ensino. Estamos trabalhando com nossas crianças a visita a um restaurante para apreciar uma comida um pouco mais sofisticada e trabalhar outros aspectos, como a sustentabilidade e evitar o desperdício de alimento. E ao mesmo tempo abre a possibilidade de a Abrasel mostrar que pode desenvolver um trabalho em comum com nossas escolas”, disse o secretário de Educação e Cultura, Luiz de Sousa Junior.

O evento acontece até o dia 10 de outubro onde as crianças vão almoçar de graça em restaurantes da capital. Quem vibrou quando soube foi o estudante Cauan de Araújo dos Santos, 10 anos. “Quando a professora disse que a gente ía para um restaurante comer de graça eu achei bom demais, fiquei muito alegre”.

Antes do almoço teve a apresentação da dupla de palhaços da Cia Lua Crescente de Circo e Teatro e do grupo de balé do Teatro Ednaldo do Egypto.

O presidente da Abrasel-PB,  Marcos Mozzini, aprovou a parceria e agradeceu a PMJP. “Do ano passado pra cá nós pulamos de 600 para 1.485 crianças atendidas. Queremos proporcionar um dia diferenciado para as crianças das escolas públicas para que tenham momentos de alegria e satisfação. Quem sabe futuramente não teremos um novo colaborador ou até mesmo um empresário do setor. A prefeitura de João Pessoa em sido uma forte parceira da Abrasel e nos emociona em fazer esse evento”, falou Marcos Mozzini.

Apoio – O evento só foi possível porque empresários como Victor Lira e Arthur Lira abriram as portas para receber gratuitamente as crianças. “A gente vê tanta desigualdade que nós nos sentimos no direito e dever de ajudar essas crianças. Junto com meu irmão Arthur Lira, que é chefe de cozinha, estamos realizando um sonho. O que pudermos fazer para ajudar a quem necessita nós faremos, porque foi essa a educação que tivemos em casa”, disse Victor Lira, proprietário do restaurante Estaleiro.

Serão atendidas 580 crianças da rede municipal de ensino. Nos restaurantes elas terão brincadeiras, parques de diversões, contadores de história, atividades recreativas e lúdicas.