Alunos de Designer da Estação da Moda participam de Desfile

Por - em 27

Trinta e cinco alunos do curso de Designer de Moda da Estação da Moda (Varadouro), criada pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), irão apresentar no próximo dia 10 de dezembro, às 20h, na Usina Cultural Energisa (Tambiá), um desfile da coleção verão, tendência para 2011, com o tema ‘Água’. Na ocasião será lançado um catálogo, que vai ser distribuído em todo País, com os modelos, que vão do casual até a alta costura.

Esse evento é fruto da iniciativa da PMJP, através da Secretária da Ciência e Tecnologia (Secitec), juntamente com a Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba (Funetec-PB). De acordo com o instrutor do curso Designer de Moda, Zeno Zanardi, foram produzidos mais de mil desenhos e a escolha dos 35 looks foi muito difícil. “Esses alunos já são profissionais. O curso tem duração de um ano e meio e em um ano apenas já estão produzindo uma coleção de alto nível. Eles já estão habilitados e capacitados para o mercado de trabalho, inclusive vários empresários já estão de olho neles para futuros contratos”, relatou Zeno.

Para um dos estilistas da coleção ‘Água’, Deusdediti Júnior, o curso lhe proporcionou segurança para ingressar no mercado da moda. “Eu trabalhava com artesanato e entrei no curso Designer de Moda pensando nessa área, mas me deparei com outra coisa mais ampla. Hoje me considero um estilista e me sinto feliz por ter descoberto esse talento em mim”, disse Júnior.

Estação da Moda – A Estação da Moda, que no projeto inicial foi chamada de Centro Vocacional Tecnológico (CVT), criado através de uma parceria entre Prefeitura de João Pessoa com o Governo Federal, hoje é gerida apenas pelo Governo Municipal.

O prédio, onde já funcionou a antiga sede da STTrans, estava em ruínas e foi totalmente reestruturado pela Prefeitura em janeiro de 2008. Hoje, a Estação da Moda funciona num local amplo, aberto para maior ventilação e com salas climatizadas, numa área central do município de João Pessoa, próximo ao Terminal de Integração do Varadouro.

O local oferece máquinas voltadas para a confecção de roupas, sendo que 80% do maquinário é computadorizado, proporcionando maior agilidade na produção. Segundo o chefe da Estação da Moda, Romero Souza, hoje o local atende cerca de 40 alunos da Funetec, do Programa Federal Juventude Cidadã, através da PMJP. “Além disso, dentro do espaço existe uma Estação Digital usada para a aplicação de cursos de informática, como também de base para o curso de designer e estilismo”, explicou Romero.

“A qualidade do espaço ultrapassou as expectativas. A estrutura, aliada ao maquinário que pode fazer cerca de 3.500 pontos em um minuto, oferece aos alunos a oportunidade de produzirem roupas em bem menos tempo e com qualidade. Máquinas como reta, cazeadeira, preponta e travete são fundamentais em uma confecção, melhor ainda sendo computadorizadas”, enfatizou Zeno Zanardi.