Alunos de escola municipal vencem prêmio sobre meio ambiente

Por - em 29

Um grupo de alunos da Escola Municipal Fenelon Câmara, no bairro do Geisel, ficou em 1º lugar, em toda a Região Nordeste, no Prêmio de Educação Ambiental Amigos do Mar, uma iniciativa do Projeto Tamar-ICMBio (Instituto Chico Mendes), em parceria com o Instituto Arcor Brasil. A Fenelon Câmara concorreu com mais 377 escolas da Região, entre elas, 41 localizadas na Paraíba. A premiação dos vencedores está prevista para o dia 17 de novembro, no próprio ambiente escolar.

Os premiados de João Pessoa são 12 alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Fundamental, com idade média de nove anos. Eles inscreveram desenhos elaborados e feitos em dupla, sobre o tema ‘Nossas Águas Sempre Limpas’. No dia da premiação, eles receberão a visita de biólogos do Projeto Tamar, que entregarão kits educativos para aprofundar o conhecimento a respeito da conservação das águas e espécies marinhas.

De acordo com a assistente social da Fenelon Câmara, Maria de Fátima Paiva de Figueiredo, assim que recebeu a correspondência com as informações do concurso, a equipe pedagógica envolveu todo o alunado e começou a desenvolver uma série de atividades de conscientização e preservação do mar.

“Trabalhamos com a interdisciplinaridade. A princípio apresentamos cartazes do ‘Amigos do Mar’ e destacamos o lixo que é jogado no mar, os malefícios e o tempo que cada um leva para se decompor”, disse Fátima Paiva. Essa metodologia causou um impacto na Escola e foram gerados debates entre as turmas, que começaram a refletir sobre que cuidados poderiam ter para cuidar melhor das águas.

Após a etapa de discussão, partiram para a produção artística dos alunos, que escolheram os parceiros. Depois, uma comissão formada pela equipe pedagógica e professores selecionou os trabalhos mais expressivos, que foram enviados aos responsáveis pela seleção. De acordo com o corpo docente da Escola Fenelon Câmara, esse tipo de projeto torna as crianças mais sensíveis às causas humanitárias, que resgatem o valor da vida, e faz com que elas acreditem que é possível melhorar o mundo.

Alegria e conscientização – Fátima Paiva relatou que ao receber a notícia dos vencedores, foi até as salas de aula e disse que faria uma chamada especial. Quando todos estavam na frente, informou para ao restante dos alunos que eles estavam olhando para os vencedores do Prêmio de Educação Ambiental Amigos do Mar. Segundo ela, alguns encheram os olhos de água, outros não tiveram reação, mas o sentimento que predominou foi de felicidade.

“Eu fiquei tão feliz, pois Deus ouviu a minha oração. Antes de fazer o desenho eu disse a minha mãe que queria ganhar e pedi isso a Deus. Aprendi que devemos cuidar do meio ambiente, não devemos jogar lixo no mar, no rio e nas ruas. Lixo tem que ser jogado na lixeira”, disse Deborah Queiroz, que formou dupla com Flávio Mesquita, ambos do 2º ano. Eles desenharam a vida marinha, com várias espécies de animais aquáticos.

Já Gabriel Mendonça e Lucas Honorato, também do 2º ano, desenharam a desova da tartaruga marinha. Gabriel garantiu que para esses animais marinhos terem sucesso na reprodução, a areia da praia deve estar limpa, pois é onde acontece a desova, bem como as águas, que é para lá que vão após o nascimento. Sobre isso, a aluna vencedora Mariana de Oliveira Galdino, de oito anos, que cursa o 3º ano, enfatizou que se as pessoas jogam sacolas plásticas na praia, as tartarugas podem comer e se engasgar com o material.

De acordo com a diretora da Escola Municipal Fenelon Câmara, Licidalva Alves de Menezes, cada dupla adotou uma tartaruga do Projeto Tamar e batizou com vários tipos de nomes.

Veja a relação dos vencedores:
Raquel de Oliveira Bezerra e Anna Raquel Pereira do Nascimento Silva
Flávio Mesquita Marinho Filho e Deborah Áquila Queiroz de Olíveira
Danielle dos Santos Silva e João Emerson Nunes Martins
Mariana de Oliveira Galdino e Gabriel Nogueira da Silva
Gabriel Mendonça Interaminense e Jefferson Paulino da Silva Júnior
Alfredo Ferreira da Silva Filho e Lucas Silva Honorato