AnimaCentro movimenta tarde de domingo com atividades artísticas e culturais

Por Jomar Brandão - em 213

O projeto AnimaCentro da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) movimentou a tarde deste domingo (17), na Capital, com uma programação artística e cultural diversificada no Centro Histórico, ocupando praças e locais de convivência, onde os pessoenses encerram o fim de semana com apresentações gratuitas para o público de todas as idades.

Quem foi à Praça da Independência na tarde deste domingo (17) assistiu às apresentações do grupo Florescer, de teatro infantil. A meninada se divertiu muito com as histórias e contos infantis contadas por Chapeuzinho Vermelho e Branca de Neve, e as performances de um mágico.

A pedagoga Prisilla Kézia, que tem uma criança com síndrome de down, elogiou o projeto. “É uma oportunidade que as crianças têm de entrar no mundo da fantasia. Para minha filha, que é especial, é uma maneira de interagir com outras crianças num momento de diversão, isso é muito bom para o desenvolvimento dela”, destacou.

No Parque da Lagoa, o público também se divertiu com a matinê dos artistas do ‘Circo D’Mônaco’, de Fortaleza. Malabaristas, bailarinas, palhaços, equilibristas e um mágico, fizeram a alegria das pessoas presentes no local das apresentações. As crianças também participaram de um sorteio de brindes.

Na Casa da Pólvora, a banda ‘Nihil’, de Campina Grande, que toca punk-doom, e a banda ‘Riveros’, de Natal, de estilo punk-rock, animou os roqueiros e punks. O produtor de eventos, Adriano Stevenson, disse que esses projetos são uma excelente oportunidade para essas bandas que estão em início de carreira se apresentarem para uma grande plateia.

Ainda na tarde deste domingo (17), A Praça Quinze de Novembro, no Varadouro, que faz parte do Polo Villa Sanhauá, recebeu a trupe de ‘Palhaços Poetas’, com uma reflexão sobre a importância do circo e da cultura popular local. Também se apresentaram a tribo indígena ‘Tupi Guarani’, campeã do Carnaval Tradição 2019, roda de capoeira, do grupo ‘Axé Capoeira’, do Geisel, e houve aulas de defesa pessoal para as mulheres, ministradas pela Guarda Civil Municipal.