Após 12 anos, Zona Azul tem reajuste e usuário pagará R$ 1,30

Por - em 176

A partir da próxima segunda-feira (8), os usuários do estacionamento rotativo Zona Azul terão que pagar R$ 1,30 pela cartela que permite a permanência do veículo estacionado pelo período de duas horas. O novo valor foi estabelecido porque há 12 anos não havia reajuste no preço do serviço e, além disso, desde que a empresa começou a operar com novo contrato, isso em 2006, foi registrado um aumento de 30,61% do salário mínimo e de 24% no valor do vale transporte. Hoje a Zona Azul emprega 114 pessoas, que recebem salário mínimo, vale transporte e ainda vale alimentação.

João Pessoa é a única Capital do Nordeste onde a operação do estacionamento rotativo gera emprego formalizado, com o pagamento de todos os direitos trabalhistas. Nas demais cidades, as cartelas são vendidas em bancas de revistas, barracas e até por “flanelinhas”, que cobram valor variado pelo serviço. Em Recife (PE), por exemplo, se chega a pagar R$ 3 por uma cartela.

O estacionamento rotativo Zona Azul foi implantado em João Pessoa há 12 anos como forma de garantir acesso a mais pessoas às vagas para estacionar no Centro da Cidade, que são muito escassas em função da crescente frota de veículos. Em 1997, o salário mínimo era de R$ 120 e hoje está em R$ 465, ou seja, nesse período foi registrado um aumento de 287,5%.  Já em maio de 2006, quando iniciou um novo contrato com a empresa Millenium, o salário mínimo era de R$ 356 e hoje os operadores recebem um pouco mais que o mínimo (R$ 467), o que representa um reajuste de 31,18% nesse período.

Além disso, o acumulo inflacionário desde maio de 2006 até maio deste ano, tento como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – que é o índice oficial do Governo Federal para medição das metas inflacionarias), chegou a uma defasagem de 14,18%. “Somos a única Capital, onde esse tipo de estacionamento rotativo tem uma função social, gera emprego com carteira assinada com garantia de todos os direitos trabalhistas para 114 pessoas, beneficiando os seus dependentes diretos. Além disso, delimitar o tempo de permanência por vaga foi a forma que encontramos para ampliar a capacidade de estacionamento e promover a democratização do espaço público”, comentou a superintendente da STTrans, Laura Farias Gualberto.

A superintendente lembrou que a Zona Azul, que é regulamentada por lei, trouxe benefícios para todas as pessoas e em especial para os comerciantes daquela área, pois se deu mais oportunidade para mais pessoas usarem as vagas de estacionamento e isso acabou fazendo com que mais pessoas fossem ao Centro para fazer compras e utilizar os serviços oferecidos na localidade.

O estacionamento rotativo Zona Azul é operado pela empresa Millenium. Atualmente, ele funciona com aproximadamente 1,2 mil vagas em 20 ruas e duas praças do Centro da Capital. Os horários de utilização da Zona Azul são de segunda a sexta-feira das 7h30 às 17h30 e, aos sábados, das 8 horas às 12 horas. João Pessoa é a única Capital nordestina que oferece aos motoristas o uso de estacionamento rotativo gratuito por um período de 10 minutos, desde que o veículo fique com o pisca-alerta ligado. Após este intervalo de tempo, o condutor deverá retirar o veículo ou adquirir a cartela. Idosos com mais de 60 anos tem direito a gratuidade por um período de uma hora nas vagas destinadas a eles.