Arca das Letras: nove comunidades de JP recebem Bibliotecas Rurais

Por - em 33

Dentro da programação do Mutirão do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a Eletrobrás e a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) entregaram 10 Bibliotecas Rurais a nove comunidades da Capital. As bibliotecas fazem parte do Programa Arcas das Letras, que além de entregar os livros, capacita agentes de leituras, pessoas das comunidades que ficam responsáveis pela estrutura, os livros e incentivo da comunidade ao hábito da leitura. A entrega aconteceu na manhã desta quinta-feira (30), no Serviço Social do Comércio (Sesc) Gravatá, localizado no bairro Valentina Figueiredo.

De acordo com Marenilson Batista, delegado federal do MDA, a biblioteca tem uma característica diferente porque a Arca (móvel que comporta cerca de 200 livros) não fica dentro de escolas ou associações. “A biblioteca rural fica na casa do agente de leitura para que fique a disposição da comunidade de domingo a domingo, a qualquer hora.”

As estruturas foram construídas no Centro Integrado de Produção e Qualificação em Marcenaria, ligado à Prefeitura, onde 20 alunos do curso de Marcenaria Básica construíram 200 arcas que serão distribuídas em 24 municípios paraibanos e cidades de outros Estados. “Desde a sua confecção, a Arca das Letras já ensina. Esse é um momento simbólico e o desafio agora é despertar a leitura, cuidando das estruturas e dos livros para que muitas pessoas tenham acesso”, destacou o Secretário de Desenvolvimento Social, Alexandre Urquiza.

As comunidades beneficiadas foram Mumbaba, Gramame, Barra de Gramame, Alagoinhas, Cuiá, Engenho Velho, Muçumagro, Penha e Jacarapé. E os acervos são formados por livros doados de literatura, didáticos, de temáticas voltadas para a cidadania, técnicos e especializados nas áreas de saúde, meio ambiente, educação, técnicas agrícolas e de pesca.

O programa Arca das Letras, criado pelo MDA em 2003, já implantou 5.689 bibliotecas rurais em mais de 1.700 municípios brasileiros. São mais de 1,2 milhão de livros distribuídos, beneficiando cerca de 625 mil famílias do campo. A administração das bibliotecas é feita por mais de 11 mil agentes de leitura, que contribuem para melhorar os índices educacionais de suas comunidades e valorizar a cultura no meio rural.