Arrastão contra dengue no Grotão, nesta quarta-feira

Por - em 35

O bairro do Grotão receberá nesta quarta-feira (4) um arrastão contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue. O trabalho, que envolve ações educativas e de limpeza, será realizado pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e conta com a parceria entre as secretarias de Saúde (SMS) e Transparência Pública (Setransp), além da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Durante a ação, fiscais e agentes de limpeza passarão de porta em porta levando informações sobre a doença e ainda fazendo o recolhimento de resíduos que possam contribuir com a proliferação de doenças.

A ação contra a dengue envolverá 40 agentes de limpeza e 20 fiscais da Emlur, além de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, estagiários da UFPB e lideranças comunitárias do bairro do Grotão. No arrastão, os moradores serão abordados em suas casas e receberão informações sobre o mosquito da dengue e o perigo que ele representa à saúde dos seres humanos. Eles ficarão sabendo como evitar a proliferação do vetor causador da doença.

Com a permissão dos moradores, técnicos da área de Saúde entrarão nas casas para identificar se existem focos da doença e os combater. Caso exista algum tipo de resíduo dentro das residências que possam acumular água, os agentes de limpeza da Emlur farão o recolhimento. Paralela a essa ação, os servidores da Emlur farão um arrastão de limpeza na localidade, coletando resíduos que estão depositados em locais inadequados.

A superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto, destacou a importância de fazer esse tipo de atividade como forma de combater a proliferação do mosquito da dengue. “Nós que fazemos a gestão estamos todos envolvidos nessa luta contra o mosquito da dengue e estamos conseguindo vencê-lo, conforme revelam os indicadores sobre o número de pessoas contaminadas”, comentou. Ela destacou ainda a importância da parceria da população na luta contra o mosquito da dengue.

Laura Farias Gualberto lembrou ainda que os servidores da Emlur passaram por capacitações para poder atuar contra a proliferação do mosquito da dengue em João Pessoa e ainda levar informações aos pessoenses sobre a doença, como ela é adquirida e a forma de evitá-la. “Promovemos uma série de palestras, onde todos os nossos servidores receberam informações sobre o Aedes aegypti. Nossa intenção era formar uma rede de multiplicadores dessas informações e estamos conseguindo concretizar isso”, acrescentou.