Arrastão da Emlur contempla moradores do Jardim Guaíba

Por - em 40

Quem passou na manhã desta segunda-feira (13) pela comunidade Jardim Guaíba, em Oitizeiro, constatou o trabalho realizado pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), que levou para a localidade serviços de varrição, capina, roço, recolhimento de lixos e entulhos. Mais de 60 agentes, dez educadores ambientais e dez fiscais da Autarquia participaram do arrastão de limpeza que movimentou a comunidade.

Enquanto os agentes limpavam as ruas e retiravam a vegetação e o lixo do Rio Jaguaribe, que corta a comunidade Jardim Guaíba, dez fiscais da autarquia faziam levantamento dos terrenos baldios existentes na localidade para verificar se havia alguma irregularidade, como lixo e entulho acumulados. Esses servidores também foram de porta em porta orientar moradores sobre a forma correta de se acondicionar os resíduos e tiraram dúvidas sobre dias e horários da coleta. Dentro da comunidade, foi montada uma tenda onde a população pode fazer, até o final desta semana, solicitação de serviços referentes a Emlur e a outras pastas da gestão municipal.

A operação teve a participação da Secretaria de Saúde, por meio do Programa de Saúde da Família (PSF) dos Funcionários I e do Jardim Guaíba. Os profissionais de saúde proferiram palestras a alunos e professores de uma creche e três escolas estaduais sobre combate ao mosquito da dengue (Aedes Aegipty). O grupo de teatro da Emlur encantou os estudantes com a apresentação dos bonecos. De forma descontraída e engraçada, eles ensinaram à criançada como manter as escolas, as ruas e as casas limpas.

O diretor da creche Alaíde Alves Faustino, Raymundo Neto, que há dias solicitou um trabalho de recolhimento dos caramujos africanos, agradeceu à Prefeitura Municipal de João Pessoa pela ação realizada na comunidade. “Esse arrastão veio na hora certa trazendo saúde e bem-estar para todos”, afirmou. Ele destacou a importância dos órgãos federal, estadual e municipal estarem integrados com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população. “A presença do poder público na comunidade é de fundamental importância”, afirmou Faustino.


Faça sua parte
– Os moradores do Jardim Guaíba, no entanto, não devem ficar apenas esperando a ação do poder público para melhorar a própria vida. Eles também precisam colaborar com a limpeza não jogando o lixo nas ruas e em terrenos desocupados. O aposentado Daniel Fernandes, morador da comunidade há mais de 30 anos, observava da porta de casa o trabalho dos agentes de limpeza. “A Prefeitura está de parabéns. É uma boa ação que a Emlur está promovendo, mas infelizmente a população também tem sua parcela de culpa, pois insiste em jogar o lixo na rua, no rio e nos terrenos baldios”. Ele acredita que a ação educativa nas escolas e também na comunidade é importante para a sensibilização das pessoas quanto a manter a comunidade limpa.

O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, disse que essa ação visa melhorar a estrutura da comunidade, além de aumentar a auto-estima dos moradores e aproximar ainda mais a gestão da população. “Com esse arrastão, que também está sendo feito em outros bairros da cidade, queremos que a comunidade se torne um lugar limpo e bom para se viver, livre de doenças como a dengue”, comentou o titular da pasta.

Outros bairros – A Emlur também realizou arrastões de limpeza nos Bairros do Bessa, Bancários, Geisel, Valentina Figueiredo e na Via Oeste, além de pintura na Rua Walfredo M. Brandão, acesso principal dos Bancários, próximo ao Centro de Zoonoses, e do Espaço Cultural, em Tambauzinho. A equipe de Operações Aquáticas continua trabalhando no Rio Jaguaribe, nas imediações da comunidade Tito Silva, retirando lixo e vegetação para minimizar os transtornos causados pelas chuvas na capital. A equipe trabalha com um bote, uma retroescavedeira e uma draga.


Serviço
– O Jardim Guaíba fica localizado na Zona Oeste da cidade, possui 1.600 habitantes, 350 domicílios, numa área de 25.984 m².