Arthur Maia e Xisto Medeiros fazem show no Piollin neste sábado

Por - em 114

O carioca Arthur Maia, considerado pela crítica especializada um dos melhores baixistas do mundo, e o paraibano Xisto Medeiros, talento do baixo no País, fazem show a partir das 20h deste sábado (21), no Centro Cultural Piollin. A iniciativa está dentro das ações do projeto ‘Corredor Cultural’ deste final de semana, com vistas à ocupação do Centro Histórico da Capital, idealizada pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). A entrada é gratuita.

Além de instrumentista, Arthur Maia é também cantor, compositor e produtor musical. Nascido no Rio de Janeiro, começou sua vida musical como baterista em bailes do subúrbio carioca. Aos 17 anos, ele passou a se dedicar ao contrabaixo. Iniciou sua trajetória profissional acompanhando músicos como Ivan Lins, Luiz Melodia e Márcio Montarroyos.

Entre as bandas que integrou estão a Pulsar e o grupo Cama de Gato, duas vertentes da música instrumental, de forte influência no cenário brasileiro. Participou ainda da Black Rio e do grupo pop Egotrip que, na década de 80, teve suas músicas veiculadas nas principais FMs brasileiras.

O artista é muito requisitado para trabalhos e shows com nomes nacionais e internacionais, a exemplo de Jorge Benjor, Gal Costa, Lulu Santos, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Martinho da Vila, Djavan, Milton Nascimento, Marisa Monte, Leila Pinheiro, César Camargo Mariano, Ernie Watts, Sheila E., Pat Metheny, Carlos Santana, George Benson e Plácido Domingo.

Xisto Medeiros – Natural de Patos (PB), Xisto Medeiros é contrabaixista, arranjador, compositor e produtor. O músico já dividiu palco com artistas como Nelson Ayres, Nailor “Proveta” Azevedo, Leo Gandelman, Carlos Malta, Toninho Ferragutti, Maestro Duda, Toninho Horta, Roberto Sion, Didier Lockwood e Ricardo Herz. Também tocou e gravou com Sivuca, maestro Moacir Santos, Arthur Maia, Chico César, Lenine, Zeca Baleiro, Elba Ramalho, Elomar, Xangai, Antônio Nóbrega, Virgínia Rosa, Totonho, Luis Pastor, Arnaldo Antunes, Sandra de Sá, Vitor Ramil, Zélia Duncan, Ana Carolina, Cátia de França, Vital Farias e Orquestra Armorial, só para citar alguns exemplos.

Atualmente, Xisto Medeiros é professor de contrabaixo elétrico e acústico da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), ocupando o cargo de primeiro contrabaixo da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB). Também integra os grupos Quinteto da Paraíba, JPSax e Quarteto de Baixo Elétrico da Paraíba (Paraibass), além de fazer parte da banda do cantor e compositor paraibano Chico César.

Ações do ‘Corredor Cultural’ – O projeto consiste em uma série de eventos com o objetivo de ampliar ainda mais a participação popular na região da Capital tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan). Entre as ações estão o ‘Chama Forrozeira’, que acontece no Ponto de Cem Réis, nas noites de sexta-feira; o ‘Sabadinho Bom’, na Praça Rio Branco, além das atrações da cultura popular no Beco da Cachaçaria Philipéia, ambos aos sábados à tarde; e ‘Domingo É Dia’, nas tarde e noites do domingo.