Autores da coleção ‘Novos Escritos’ participam de sarau poético, na quarta

Por - em 34

Os amantes da literatura têm um encontro marcado, nesta quarta-feira (26), a partir das 18h, na Unidade Cultural Casarão 34. O projeto ‘Tertúlias na Philipéia’ e o ‘Fórum Permanente de Literatura’, evento abertos ao público, disponibilizam espaços para o debate e a análise da produção literária da Capital. A organização é da Prefeitura de João Pessoa, através da sua Fundação Cultural (Funjope).

Os autores das obras que compõem a ‘Coleção Novos Escritos’ são os convidados do projeto Tertúlias da Philipéia, criado para divulgar as atividades literárias da Capital, com leitura de trechos de livros e sarau poético. No encontro, cada autor fará a leitura de trechos de suas respectivas obras, além de compartilhar experiências pessoais no contato com a literatura e o fazer literário. A coleção é um conjunto de cinco livros, com duas obras em cada volume, publicada recentemente pela Funjope.

Sobre a proposta da Coleção Novos Escritos, o autor de ‘Pirilampos Cegos’, Roberto Menezes, acredita que é a nova esperança de autores da cidade que sonham em publicar o primeiro livro, mas não dispõem de meios para tal. “Ser um novo escritor não é só ter o livro publicado. É, principalmente, ter a oportunidade conhecer outros escritores e assim compartilhar experiências”, destacou.

Fórum – Nesta próxima edição, o Fórum Permanente de Literatura vai discutir o tema ‘Literatura como meio para formação de leitores cidadãos’. As debatedoras convidadas são Jacileide Farias e Nara Limeira, mestras em literatura e educadoras de Pontos de Cultura da Capital; Ailza Freitas, coordenadora dos projetos Ciranda Curricular e Escola Aberta e Socorro de Fátima Pacífico, professora de Literatura Brasileira da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e especialista em literatura infanto-juvenil, história da literatura e ensino da literatura.

Mais informações pelo telefone (83) 3218-9811/9813, com Petra Ramalho, chefe da divisão de Literatura.