Avenidas da Capital terão novas câmeras para monitorar trânsito

Por - em 28

A Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans), que já tem 10 câmeras de monitoramento e outras cinco para ser instaladas neste mês nas ruas da Capital, assinou nesta segunda-feira (1º) a licitação para implantar mais 20 câmeras em até 90 dias. A medida irá melhorar ainda mais a mobilidade urbana. Os novos equipamentos permitirão uma modernização da rede, que vai atender as principais avenidas de ponta a ponta, 24 horas por dia. Será feita uma contagem do fluxo de veículos nas principais avenidas, iniciando pela Epitácio Pessoa, e com isso, o tempo de espera nos semáforos será reduzido, diminuindo os congestionamentos e facilitando a fluidez do trânsito.

Avançar o sinal vermelho é a décima infração mais cometida pelos motoristas da Capital. Em 2009, 753 pessoas foram autuadas desrespeitando o semáforo. Além de infringir a lei, o desrespeito pode causar acidentes envolvendo outros veículos que seguem em outras vias e que estão com o sinal verde, permitindo a passagem, bem como os pedestres, que podem estar atravessando a via confiando no sinal vermelho para os carros e motos. A STTrans planeja, a partir das novas câmeras, melhorar a fluidez do trânsito com a chamada “Onda Verde” e, com isso, evitar que os motoristas apressados teimem em avançar o sinal.

“Estamos seguindo as diretrizes do plano de mobilidade da Prefeitura Municipal. Nossas principais avenidas serão monitoradas e teremos em tempo real as imagens das imprudências flagradas pelas câmeras. Com isso, poderemos estudar as melhorias que as vias necessitam, para que ocorram menos congestionamentos, acidentes e infrações e pedir o apoio da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran) para auxiliar de forma repressiva”, disse a superintendente Laura Farias.

Entre as vias que serão beneficiadas com as câmeras estão as avenidas Epitácio Pessoa, Cruz das Armas, Josefa Taveira, Beira Rio e João Machado. “Apesar destas ações, o que ainda falta aos motoristas é o controle pessoal e respeito à vida. Por mais que a STTrans e outros órgãos realizem campanhas educativas e atuem fiscalizando o trânsito, os motoristas precisam estar cientes que os veículos podem se tornar uma arma. Eles têm que respeitar a sinalização, que existe justamente para facilitar a vida deles e não para prejudicá-los”, afirmou a superintendente.

Mais benefícios – De acordo com o chefe da Divisão do Sistema Viário, Pablo Fragoso, com a possibilidade de ver em tempo real o que está acontecendo no trânsito da cidade, a STTrans poderá tomar as decisões corretas, com mais agilidade, para solucionar os problemas que eventualmente ocorram nas vias. “Se ocorrer, por exemplo, um acidente na avenida Epitácio Pessoa, já saberemos de imediato pelas imagens se o motivo é um acidente ou se a causa está no semáforo. Da sala do Controle de Tráfego Aéreo (CTA), poderemos determinar um aumento no tempo do semáforo para melhorar a fluidez”, explicou.

Além da mobilidade, a segurança é outro fator importante trazido pelas câmeras de monitoramento, já que os motoristas infratores serão flagrados e as imagens poderão ser utilizadas para saber quem cometeu as infrações.