Azeitona do Trombone abre Circuito das Praças de outubro

Por - em 26

Na noite desta sexta-feira (2), a antiga estação terminal de bondinhos da década de 50, hoje um espaço revitalizado, vai ser embalada ao som de chorinho, bossa, gafieira e balada. Azeitona do Trombone, membro do premiado Quarteto de Trombones da Paraíba, será a atração do Ponto de Cem Réis, acompanhado por músicos convidados. Este será o primeiro show do Projeto Circuito das Praças de outubro, realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). Haverá ainda mais música no Largo de São Pedro, com a Banda Emboscada, e na Feirinha de Tambaú, com o grupo de percussão Baticumlata. A programação inclui também apresentações no sábado e domingo.

Gilvando Pereira da Silva (Azeitona) promete apresentar ao público algumas composições do CD solo independente lançado em 19 de outubro, na Estação Cabo Branco – Ciência Cultura e Artes. O trabalho tem como título o próprio nome do músico. Quem for ao Ponto de Cem Réis vai ouvir, por exemplo, a bossa ‘Raquel’, feita pelo instrumentista em parceria com Beto Piller; o chorinho ‘Azeitonizando’, de Klênio Barros e Márcio Mizael; o chorinho ‘Na Glória’, de Raul de Barro, que também está no repertório do Quarteto de Trombones; ‘Paraquedista’, de José Leocádio, que é uma espécie de chorinho gafieira; entre outras obras instrumentais de artistas locais.

Para Azeitona, tocar no Ponto de Cem Réis é fazer uma viagem na história, rumo ao coração da cidade. “É uma forma de relembrar os velhos tempos da música nos coretos, das bandas da prefeitura tocando nos finais de tarde”, lembrou. “Agora, com a restauração do Hotel Parayba Palace e do largo, estamos revivendo boas épocas. Além disso, é um espaço para podermos mostrar uma música de qualidade para aqueles que não tinham acesso a um bom trabalho”, observou.

Dentro desse clima de resgate e saudosismo, o trombonista ainda vai tocar músicas que parecem ter muito a ver com o momento, mesmo não sendo paraibanas. Entre elas, está ‘De volta pro Aconchego’ (Dominguinhos e Nando Cordel), ‘Chega de Saudade’ (Vinícius de Moraes e Antônio Carlos Jobim) e ‘Maracangaia’ (Dorival Caymmi). Acompanham Azeitona no Ponto de Cem Réis, os músicos Sérgio Gallo (baixo), Igor Wendel (teclado), Marcelo Faró (violão), Riquinho (pandeiro) e Glauco Andreza (bateria). Antes de Azeitona subir ao palco, haverá apresentação de banda marcial da rede municipal de ensino.

O músico Azeitona do Trombone já exerceu a função de trombonista titular na Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, de 1989 a 1994, e na Sinfônica da Paraíba, de 1994 a 1998. Há dez anos integra o Quarteto de Trombones da Paraíba, tendo participado de diversos eventos no Brasil e no exterior com o grupo e trabalhado na gravação de três CDs.

Atualmente, Azeitona é professor do Departamento de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e também integra mais três formações – Brazilian Trombone, Quarteto Potibones, e Sexteto Potiguar.

Banda Emboscada e Baticumlata – O novo reggae com batida diferenciada, misturando vertentes do roots, rock, ragga e dub estão presentes no som proposto pela Banda Emboscada. O repertório que esses paraibanos vão apresentar no Largo de São Pedro, no Varadouro, será composto por músicas autorais, registradas no álbum independente “A Trilha”.

Emboscada sobe ao palco com os músicos Gilson Júnior (vocal), Afonso Stefan (guitarra solo), David Monteiro (baixo), Diego Giordano (bateria) e Fabiano Formiga (teclado). O show está programado para acontecer nesta sexta-feira a partir das 22h30.

O ‘Baticumlata’, grupo de percussão formado por agentes de limpeza e funcionários da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), será a atração da Feirinha de Tambaú. A apresentação está prevista para começar por volta das 18h. O grupo é fruto de um projeto que atua como uma ‘oficina do som’. A iniciativa utiliza instrumentos musicais no mínimo inusitados para fazer música. O processo de criação é iniciado com a escolha e a exploração dos timbres que podem ser retirados de cada objeto. A coordenação é do músico Zé Guilherme, que há 23 anos desenvolve projetos educacionais voltados à promoção da cidadania em várias comunidades de João Pessoa.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO CIRCUITO DAS PRAÇAS DESSE FINAL DE SEMANA:

02/10 (sexta-feira)
18h – Ponto de Cem Réis (Centro)
– Abertura: apresentação de banda marcial da rede municipal de ensino
– Azeitona do Trombone e músicos convidados

18h – Feirinha de Tambaú
– Baticumlata

22h30 – Largo de São Pedro
– Banda Emboscada (reggae)

03/10 (sábado)
20h – Praça da Paz (Bancários)
– Grupo Brasis

20h – Praça Lauro Wanderley (Funcionários I)
– Banda Anonimato

20h – Praça Bela (Funcionários II)
– Grupo Graxa, com o espetáculo “Faz de Conta” (teatro)

20h – Praça Aquiles Leal (Jaguaribe)
– Tribo Indígena Xavantes (Carnaval)

20h – Praça do Coqueiral (Mangabeira)
– Zé Manoel

20h – Praça do Caju (Bessa)
– Lapinha Jesus de Nazaré

20h – Praça das Mangueiras (Alto do Mateus)
– Companhia Oxente, com o espetáculo “O dia em que a morte bateu das botas”

04/10 (domingo)
18h – Praça Alcides Carneiro (Manaíra)
– Grupo Signos Produções Artísticas, como espetáculo “Cordel do Amor Sem Fim”

20h – Praça Lauro da Esperança (Conjunto Residencial Gervásio Maia)
– Grupo de Samba Pura Raiz

20h – Praça da Amizade (Rangel)
– Sonora Samba Groove