Banco Cidadão injeta R$ 8,5 milhões este ano na economia de João Pessoa

Por - em 320

Thadeu Rodrigues

EntregadeCheques_BC_julianasantos 027O Banco Cidadão da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) já injetou R$ 8.540.000 na economia da Capital, no ano de 2015, investindo em 1.954 empreendedores. A quantia já se aproxima do que foi registrado no exercício de 2014 (R$ 8.586.600), com a liberação de R$ 1.506.000 em crédito para 326 empreendedores nesta quinta-feira (19), no Paço Municipal.

Conforme o secretário do Trabalho, Produção e Renda, Diego Tavares, o Banco Cidadão vai atingir a meta de R$ 10 milhões destinados ao empreendedorismo na Capital, até o final deste ano. “Este será o maior valor de investimentos realizados pelo Programa de Apoio aos Pequenos Negócios, o Banco Cidadão”, frisou o secretário.

Diego Tavares enfatizou que o apoio da Prefeitura chega a todos os bairros da Capital. “Nesta liberação de crédito estamos beneficiando empreendedores de 63 bairros de João Pessoa. São recursos próprios da Prefeitura, investidos nas pessoas com o objetivo de torná-las mais autossustentáveis. Estamos executando nossa política de enfrentamento à crise econômica e, se investimos no empreendedorismo, proporcionamos geração de emprego e renda das famílias”, afirmou o secretário.

EntregadeCheques_BC_julianasantos 013O prefeito Luciano Cartaxo foi representado pelo secretário de Articulação Política, Adalberto Fulgêncio. Ele falou que o Banco Cidadão contribui para o desenvolvimento econômico da cidade nos bairros, não apenas no Centro e nas praias. “A Prefeitura acredita na capacidade de vocês e dá oportunidades para que vocês possam crescer. Isto garante mais autonomia e independência. Se os empreendedores se desenvolvem, mais dinheiro circula na cidade e a economia se fortalece”, destacou.

Jadeline Camilo foi uma das beneficiárias desta quinta-feira (19). Ela vai iniciar a venda de confecções. “Eu já trabalhava com vendas de roupas, mas agora eu vou trabalhar para mim. Meu marido me falou sobre o Banco Cidadão e eu resolvi começar o meu negócio. Recebi R$ 2 mil e vou usar como capital de giro”, contou.

Laís Tamara também está iniciando uma atividade. Ela montou uma loja de produtos ecológicos para mães e bebês com ajuda financeira de parentes, mas vai ampliar o negócio com apoio do Banco Cidadão. “Eu vou adquirir materiais e equipamentos para produzir produtos como fraldas de pano que já vêm no formato das descartáveis, carregador de bebê e absorvente de seio”, disse a empreendedora.

Nesta liberação de crédito, os setores que concentraram mais recursos foram: alimentação (R$ 515.300), vestuário (R$ 429.300), beleza (R$ 211.900), mercearia (R$ 119.900) e artesanato (R$ 54.500). Os bairros mais contemplados foram: Mangabeira (R$ 380.200), Torre (R$ 120.100), Centro (R$ 104.600), Valentina (R$ 93.100) e Cruz das Armas (R$ 68.700).EntregadeCheques_BC_julianasantos 045

Programa – O Banco Cidadão concede crédito de até dez salários mínimos, com uma taxa de juros de 0,9% ao mês, e carência de até três meses. O pagamento pode ser dividido em até 24 parcelas. Para ter acesso ao crédito, o empreendedor deve ter idade a partir de 18 anos e morar em João Pessoa há, no mínimo, seis meses. Não é preciso estar formalizado. Pessoas com nome nos cadastros de proteção ao crédito e servidores da Prefeitura não podem obter o empréstimo.

As inscrições são feitas na Secretaria do Trabalho, Produção e Renda, na Avenida Cardoso Vieira, 85, Varadouro. O proponente deve apresentar original e cópia de RG, CPF e comprovante de residência atual. Mais informações pelo telefone 3214 1707.