Banco de Alimentos beneficia 20 mil pessoas por dia em JP

Por - em 32

Com pouco mais de três anos de funcionamento, o Banco de Alimentos da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) doou cerca de 500 toneladas de gêneros alimentícios, de origem vegetal e não perecíveis, às entidades que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social na cidade. A estimativa é que diariamente 20 mil pessoas, de vários bairros da Capital, sejam beneficiadas. A unidade atende hoje 120 entidades filantrópicas, cadastradas junto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes), como asilos, hospitais, grupos de apoio às pessoas com deficiência, igrejas e outros centros religiosos. Em 2009, eram 40 entidades beneficiadas; em 2010, esse número subiu para 105. Os alimentos são repassados de segunda a quinta-feira para 30 entidades diferentes, cada dia.

A quantidade de gêneros alimentícios doados varia de acordo com o número de pessoas que as entidades atendem. Segundo a coordenadora interina do Banco, Ana Patrícia Barbosa, estes alimentos complementam a refeição dos abrigados destas instituições, ajudando assim a diversificar o cardápio e diminuir os custos. “Quando uma nova entidade busca se cadastrar, fazemos uma visita para verificar se a mesma dispõe de um local adequado para a recepção e distribuição destes alimentos. Não há um prazo determinado para inscrição de novas entidades, à medida que nos procuram, fazemos toda uma análise da necessidade e se poderemos atendê-la”, explica.

O Banco de Alimentos é uma iniciativa da política de Segurança Alimentar e Nutricional da PMJP. Ele coleta alimentos fora dos padrões de comercialização, sem nenhuma restrição de caráter sanitário – próprios para o consumo humano – por meio da articulação do maior número possível de doadores, a fim de minimizar as necessidades básicas da população em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional. A unidade realiza ainda cursos, palestras e orientações à população em eventos públicos, buscando a promoção de hábitos alimentares saudáveis.

Arrecadações – Entre os principais doadores do Banco estão o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade Compra Direta Local da Prefeitura de João Pessoa, que repassa semanalmente 25 toneladas de produtos agrícolas de origem vegetal, não industrializados, sem intermediários, de 239 agricultores familiares dos municípios de Alhandra, Caaporã, Pedras de Fogo e Pitimbú.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é outro parceiro que doa semanalmente cinco toneladas de produtos agrícolas, também adquiridos de pequenos agricultores de diversas cidades do Estado. Outra forma de arrecadação de alimentos são as parcerias com eventos públicos e privados, fazendo campanha para incentivar as doações espontâneas da população, ou inserindo no ingresso do evento um quilo de alimento não perecível. “Com este tipo de parceria conseguimos uma doação expressiva de alimentos não perecíveis que ajudam a diversificar as doações realizadas pelo Banco de Alimentos. Todos os alimentos recebidos passam por etapas de seleção, classificação, posicionamento e embalagem (se necessário), pesagem, e só então são distribuídos”, conta Ana Patrícia Barbosa.

Equipe – O Banco de Alimentos conta com uma equipe de 15 profissionais, incluindo coordenadora, nutricionista, assistente social e pessoal de apoio. Entre outras funções, eles são responsáveis pelas visitas técnicas iniciais e de monitoramento, inspecionando e avaliando as mercadorias, cuidam para evitar o desperdício e a contaminação dos alimentos, e ainda levantam dados de prestações de contas, emitem relatórios e articulam parcerias. Os interessados em fazer alguma doação ou cadastrar sua associação podem entrar em contato com o Banco pelo fone 3214-6053.