Banda 14 Bis encerra apresentações na Festa das Neves 2011

Por - em 46

O som contagiante e harmonioso da banda mineira “14 Bis” marcou, na noite deste sábado (6), o encerramento da Festa das Neves em João Pessoa. Foram oito dias de festa, recheados com muita alegria, música, brincadeiras, cultura popular, comidas, segurança e tranquilidade, que reuniu e encantou crianças, jovens, adultos e idosos. Os shows foram uma promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Fundação Cultural (Funjope).

A primeira a subir no palco principal montado no Ponto de Cem Réis foi a dupla paraibana Paulo e Babi. Os irmãos Paulo Paiva e Abelardo Cavalcanti de Paiva são dois nomes que carregam uma história de muita dedicação à música paraibana. No show, que arrancou aplausos do público, eles lançaram o CD “E Nós Por Exemplo”, que traz apenas composições dos dois artistas. O disco, com 12 faixas, tem a participação de artistas da Paraíba como Pedro Osmar e Paulo Ró (Jaguaribe Carne), Xisto Medeiros e Érica Maria.

O último a se apresentar no palco montado no Ponto de Cem Réis, fechando com chave de ouro as comemorações da Festa das Neves foi o grupo musical mineiro 14 Bis, formado por Cláudio Venturini (guitarra e vocal), Hely Rodrigues (bateria), Sérgio Magrão (baixo e vocal) e Vermelho (teclados e vocal). Com mais de 30 anos de estrada e com uma bagagem recheada de sucessos, como “Canção da América”, “Todo Azul do Mar”, “Caçador de Mim” e “Bola de Meia”, o grupo empolgou o público, que fez coro para acompanhar seus sucessos.

Cultura popular – A festa começou logo cedo no Ponto de Cem Réis, onde dois palcos foram montados. Já a partir das 18h, grupos de cultura popular de várias partes do país puderam mostrar seus trabalhos ao público presente. As atrações integraram o Projeto “Brincantes Brasileiros na Paraíba”.

Se apresentaram na noite do sábado (6), no palco da cultura popular, o “Maracatu Rural Leãozinho das Flores”, de Pedras de Fogo, “Cacumbi do Mestre Deca”, de Laranjeiras (SE), “Samba de Pareia”, também da cidade sergipana de Laranjeiras, “Penha Cirandeira”, de Santa Rita e a “Banda Cabaçal do Mestre Zé Pretinho”, da cidade de Tavares (PB).

‘Foi uma noite maravilhosa”, resumiu a dentista Clara Machado, fã da banda 14 Bis. “Eu não podia deixar de ver e ouvir o som maravilhoso do 14 Bis. Eu namorei e já dancei muito ao som da música deles e vim relembrar tudo isto. Poder cantar novamente e dançar as músicas deles, ao vivo, é melhor ainda. É um evento lindo, onde podemos apreciar também a cultura popular”, elogiou