Bandas de frevo animam baile realizado para a terceira idade

Por - em 63

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do Centro de Convivência do Instituto de Previdência do Município (IPM), realizou na tarde desta quinta-feira (17) a oitava edição do Carnaval do Idoso. Esse ano o evento foi na Associação dos Voluntários (localizada na avenida João Machado), e teve a participação da Orquestra PB Frevo e da Banda 5 de Agosto.

O evento foi gratuito e contou com muita música, distribuição de camisetas comemorativas para os idosos, picolé, lanches e três concursos diferentes: o de folião mais animado, o de rainha do baile e o de fantasia mais bonita. “Foi uma festa muito animada, que proporcionou aos idosos uma tarde de danças e de confraternização”, destacou João Carlos Leão, coordenador do Centro de Convivência.

Ele enfatizou também que as atividades do Centro de Convivência ao longo do ano, incluindo o Carnaval do Idoso, têm o objetivo principal de proporcionar à população mais velha opções de lazer e de passatempo que evitem a rotina muitas vezes depressiva e solitária. “Ao invés de ficarem em casa, por vezes isolados, eles vêm dançar, se divertir e interagir com pessoas da mesma faixa etária”, avaliou.

O superintendente do IPM, Pedro Coutinho, destaca que a PMJP nada mais faz do que “reconhecer o valor de toda a população idosa da cidade, que no passado ajudaram a construir e a melhorar João Pessoa”. Segundo ele, a meta do Instituto é proporcionar momentos felizes para a “turma da terceira idade”.

De bem com a vida – Maria Bernadete de Araújo, de 87 anos, se orgulha por ter participado de todas as edições do Carnaval do Idoso. Ela integra o ‘Grupo Dinâmico Cultural’, participa ao longo do ano das atividades do coral do Centro, e no carnaval não abre mão de dançar frevo. “Minha família às vezes se impressiona porque eu cheguei aos 87 anos de bem com a vida e sem nenhum problema de saúde. O que eu posso dizer? Que minhas amigas e minhas atividades no Centro são responsáveis por minha felicidade e minha vida saudável”, comemora, dizendo em seguida que também tem aula de teatro e de dança.

Dois anos mais jovem, Carmelita Alcântara diz que há três anos participa das atividades do Centro de Convivência e do Carnaval do Idoso. “Eles me proporcionam uma das coisas prazerosas para mim, que é dançar. Gosto muito de vir para cá, porque sempre me sinto muito bem”, revela.

Ela explica também que desde então passou a fazer exercícios físicos regulares, o que segundo ela interferiu positivamente em sua saúde. “Começar a participar das atividades do IPM foi muito bom para mim. Fiquei com mais ânimo para as coisas do dia a dia. Sou uma outra pessoa hoje”, concluiu.