Beira Rio tem redução de 22% em acidentes após lombadas

Por - em 55

O número de acidentes na avenida Ministro José Américo de Almeida (Beira Rio) teve uma redução de  22% após a implantação de três lombadas eletrônicas em julho do ano passado. De acordo com estudos da assessoria de Planejamento da Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans), o número de acidentes caiu de 68 nos quatro meses anteriores à implantação do equipamento para 53 nos quatro meses seguintes. Além disso, não foi registrada nenhuma ocorrência com vítima fatal.

As lombadas eletrônicas do estilo “bandeirão” foram instaladas com o objetivo de controlar a velocidade dos veículos que transitam pela via e reduzir o número de acidentes nos locais, ampliando o monitoramento que já era realizado por duas lombadas eletrônicas fotossensor que funcionavam na via. A medida foi adotada a partir de estudos que indicavam a necessidade deste tipo de intervenção na avenida, além de solicitações da população, segundo o diretor de Trânsito da STTrans, Pablo Fragoso.

De acordo com o levantamento, entre março e junho de 2010 foram registrados 68 acidentes, dos quais 28 tiveram vítimas, uma delas fatal, e 40 sem vítima. Já entre os meses de julho e outubro, com as lombadas em funcionamento, foram registrados 53 acidentes, com 19 pessoas feridas, 34 sem vítimas e nenhuma fatal. Outro dado importante é que, se comparados os meses de julho a outubro de 2010 com o mesmo período de 2009, já que estaria sendo tomado como base os mesmos meses do ano, também houve redução, pois naquele ano foram 60 acidentes, 21 deles com feridos e 34 sem vítimas fatais.

O levantamento foi realizado tomando como base os quatro meses anteriores (março, abril, maio, junho) e os quatro subsequentes (julho, agosto, setembro e outrubro) à instalação dos equipamentos em virtude dos dados referentes aos últimos meses do ano passado ainda não estarem fechados. Para fazer o estudos, foram tomadas como base as informações obtidas com a Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran) e hospitais da cidade.

Segundo o morador Valmir Nascimento, de 51 anos, o trânsito de veículos está bem melhor e mais tranquilo, pois antes os condutores trafegavam em alta velocidade, colocando em risco a vida de sua família e de seus vizinhos. “Já aconteceu de eu ter que puxar meu filho pelo braço para não ser atropelado, mas depois da instalação do bandeirão, posso deixar que ele fique na calçada sem tanta preocupação como antes. Foi muito importante para a gente a implantação da lombada”, comentou Valmir.

A superintendente da STTrans, Laura Farias, afirmou que a população tem sido parceira do órgão para determinar as alterações no trânsito através de solicitações no Orçamento Democrático e na Central de Informações e Reclamações (Cerin). “Constatamos que existia um registro de alta velocidade dos veículos. Por isso, a população fez solicitações de lombadas eletrônicas nos locais e fizemos estudos para verificar esta necessidade. É muito bom saber, no Dia Municipal do Trânsito de João Pessoa, que estamos conseguindo dar uma resposta à população. Esses dados confirmam a importância da intervenção que realizamos porque não só melhoramos o fluxo de veículos na via como salvamos vidas”, afirmou Laura. Quem quiser entrar em contato com o Cerin, para informações, reclamações e solicitações, basta ligar para 0800 281 1518.