Black Rio e Sonora levam o samba e o soul para Festa das Neves

Por - em 25

A noite da véspera do aniversário da cidade de João Pessoa será invadida por uma mistura de ritmos. Nesta quinta-feira (4), na Festa das Neves 2011, terá Samba-funk, samba-reagee, funk e soul brasileiro, que prometem agitar o público do Ponto Cem Réis com a passagem das bandas Black Rio e Sonora Samba Groove. Os shows acontecem a partir das 21h, no palco principal da festa. Pouco antes das atrações musicais, às 18h, haverá apresentações folclóricas com os grupos Zezinho da Borborema e Curió de Bela Rosa (Guarabira/PB e Mogeiro/PB), Coco de Roda Indígena da Aldeia Cumaru (Baía da Traição/PB) e Ciranda do Sol (Bairro dos Novais – João Pessoa/PB).

A atração principal desta noite vem da cidade do Rio de Janeiro. A banda Black Rio desembarca em João Pessoa para mostrar um show com muito suingue e energia. Na apresentação da Festa das Neves 2011, o público irá conferir uma mistura de novos e antigos sucessos do repertório da banda. Músicas da primeira fase do grupo como ‘Mr Funk Samba’ e ‘Maria Fumaça’ se aliam as composições mais recentes, entre elas ‘Nova Guanabara’ e ‘Carrossel’. O repertório conta também com canções de artistas como Jorge Ben Jor, Ed Motta, Tim Maia e Djavan.

A banda tem sua fundação em 1976, mas um hiato de 15 anos na carreira dos músicos os faz retomar à ativa em 1999 e desde então não pararam mais. O primeiro disco, ‘Maria Fumaça’, foi lançado em 1977 e trouxe o funk e o soul para as rodas de samba, dando um colorido às músicas de artistas como Edu Lobo, Luiz Gonzaga e Ary Barroso.

Integrada pelos músicos William Magalhães, Lúcio Trombone, Cláudio Rosa, Trick, Vanderlei Silva e Thiago Silva (Chocolate), a banda traz à Festa das Neves um repertório em que se mistura jazz, samba, soul e funk. O som da banda ainda mostrará pitadas do rap, que foi incorporado ao repertório após novas parcerias, como Mano Brown.

Samba Paraibano – Pouco antes do show da banda Black Rio, os músicos paraibanos da banda ‘Sonora Samba Groove’ sobem ao palco principal e prometem também abrir espaço para a mistura de ritmos. Com um show baseado em samba, vão mostrar o ritmo de várias formas, sobretudo no samba-reggae. Com cinco anos de existência – dois com a atual formação -, o grupo promete mostrar músicas inéditas que serão lançadas em um registro musical ainda neste ano.

Segundo Macaxeira Acioli, percussionista da banda, o show será baseado no repertório ‘Cadê o Dega?’, que reapresentou canções como ‘Essa moça tá diferente’ (Chico Buarque) e ‘Berimbau’ (Baden Powell e Vinicius de Moraes). “Já vamos soltar algo do nosso novo registro e  o público pode esperar uma mistura muito boa de ritmos”, afirmou o músico.

Brincantes Brasileiros – Antes das apresentações musicais, a partir das 18h, o público da Festa das Neves 2011 terá a oportunidade de ter contato com diversas expressões da cultura popular. Dentro das apresentações do projeto ‘Brincantes Brasileiros na Paraíba’, três grupos marcarão presença na noite desta quinta-feira (4).

O responsável pela abertura da noite virá da Baía da Traição. Trata-se do grupo Coco de Roda Indígena da aldeia Cumaru. O grupo fará uma apresentação ao som de ganzás e bombos. Com 27 componentes, eles prometem uma dança comum desde a época dos Potiguaras – primitivos habitantes do território da cidade de João Pessoa. “Os Potiguaras passavam à noite dançando o coco. Na nossa apresentação, vamos mostrar um coco diferente do que as pessoas costumam ver. A gente vai mostrar um coco indígena muito bom de vê”, conta Isaías da Silva, representante Coco de Roda Indígena.

A apresentação de cultura popular terá seguimento com a entrada no palco do grupo Ciranda do Sol, do Bairro dos Novais. São 35 integrantes que vão mostrar uma apresentação de ciranda ao público. Puxados pelo maestro Manoel Baixinho, o grupo existe há 19 anos e costuma fazer ensaio aberto ao público todos os sábados, no Bairro dos Novais.

As apresentações da noite dentro do projeto ‘Brincante Brasileiro’ serão encerradas com uma embolada. Subirá ao palco Zezinho da Borborema e Curió de Bela Rosa – dos municípios de Guarabira e Mogeiro respectivamente. Zezinho participou do encontro de emboladas em junho deste ano, no São João Pessoa, que levantou o público no Ponto Cem Réis.