Bloco ‘Azulão’ desfila neste sábado na praia de Tambaú

Por - em 20

Os servidores da Guarda Municipal da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) vão mostrar que também têm disposição, quando o assunto é o frevo no pé. Neste sábado (20) sai às ruas o Bloco ‘Azulão’, formado por agentes da guarda, seus familiares e servidores municipais. A concentração acontece no Busto de Tamandaré, às 9h, com café da manhã servido ao som da banda Forrozão Sensação. A intensão é proporcionar lazer e um momento de festividade aos Guardas Municipais que trabalharam durante os eventos apoiados pela Prefeitura durante o carnaval. Serão distribuídos 200 litros de coquetéis à base de frutas a quem for se divertir no bloco.

A espectativa é de que cerca de dois mil foliões estejam no local. As camisas foram trocadas por dois quilos de alimento, que serão doados ao Hospital Padre Zé. As camisetas foram adquiridas na portaria do Centro Administrativo Municipal (CAM). A saída do bloco do Busto de Tamandaré será às 11h e o percurso leva os servidores ao SESC na praia do Cabo Branco, ao som da banda de música e orquestras de frevo. Na chegada ao SESC, uma surpresa: para matar o calor do verão, e dos passos do frevo, um carro pipa vai proporcionar um banho aos foliões.

A ideia foi elaborada pelo Gabinete da Guarda Municipal com a proposta de promover um dia de carnaval para os agentes, estimulando a integração entre eles, familiares, funcionários públicos municipais e a população da cidade. Além disso, o bloco tem como foco estimular a valorização profissional e aumentar a auto-estima da tropa.

E para animar esses servidores, que trabalham o ano todo na preservação do patrimônio municipal, haverá um mini-trioelétrico, que vai contar com a participação da Banda Pura Raiz, animando o bloco em todo percurso. Duas orquestras de frevo devem se revesar no embalo dos passos dos foliões.

A criação do Bloco Azulão é o resultado da articulação da nova gestão do Comando da Guarda Municipal que viu a necessidade de proporcionar à tropa um dia de Carnaval. A ideia do bloco surgiu de um projeto do comando, que visa a melhoria na qualidade de vida do Guarda municipal, que junto a outras ações como: dia de saúde, palestras educativas, educação física contínua, entre outras atividades, proporcionam ao Guarda Municipal uma valorização profissional e uma melhora na sua auto-estima.

O Nome Azulão é alusiva a cor nacional das Guardas Municipais. Em 2009, o bloco Azulão no seu primeiro ano confeccionou 300 camisetas. Mas para a surpresa de todos o Bloco saiu às ruas com mais de 2000 pessoas entre Guardas Municipais, familiares e funcionários de outras secretarias.