Bloco da Limpeza desfila pelas ruas do Centro nesta sexta-feira

Por - em 69

Os servidores da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) já estão se preparando para as prévias carnavalescas de João Pessoa. Nesta sexta-feira (10), as ruas do Centro servirão de passarela para o desfile do Bloco da Limpeza que, em seu sétimo ano, anima os servidores da Emlur.

A concentração tem início às 20h, na Praça Rio Branco, e o percurso vai até o Ponto de Cem Réis, passando pela Lagoa e Praça João Pessoa. A saída está prevista para às 22h. O bloco terá o acompanhamento da orquestra Spock, que vai apresentar seu repertório de frevos e marchinhas.

A superintendente da Emlur, Laura Farias, ressaltou a importância do bloco como instrumento de humanização dos servidores que se entregam durante todo o ano para manter a beleza de nossa cidade e têm, nesse dia, uma oportunidade de se confraternizar com os companheiros de trabalho. “Os servidores da Emlur se dedicam diariamente para realizar a limpeza da cidade e aproveitam este dia para se divertir, mas também conscientizar a população para a participação e obrigação de todos de manter a cidade limpa”, ressaltou.

Para a coordenadora da Divisão de Arte e Cultura da Emlur (Diac), Antônia Sousa, a expectativa é que o número de participantes supere os anos anteriores. “Além da participação dos agentes de limpeza e funcionários do quadro administrativo, vamos reunir os agentes da coleta seletiva, servidores de outras secretarias e participantes do projeto ‘Emlur Amiga da Paz’ em uma noite de muita festa”, afirmou Antônia.

Homenagem – Este ano, o Bloco da Limpeza vai prestar uma homenagem ao agente de limpeza Marcelo França, que integrava o grupo de percussão da Emlur, Baticumlata, e foi porta estandarte do bloco nos últimos seis anos. Marcelo, que está licenciado por problemas de saúde, ilustra as camisas do bloco, representando todos os demais agentes da Emlur.

Conceito – A concepção do desfile foi do artista plástico Elionai Gomes (Nai). A ideia é apresentar a missão da Emlur através dos agentes de limpeza, que se desdobram no trabalho diário nas ruas, mas ainda encontram tempo para se divertir. “A arte foi desenvolvida como uma forma de mostrar que os agentes de limpeza, além de trabalhar, também brincam o carnaval, e traz Marcelo como símbolo desse agente que se diverte”, ressaltou Nai.