Cadastros do ‘Pedala João Pessoa’ superam expectativas

Por - em 50

A ideia de oferecer bicicletas públicas na orla da Capital paraibana agradou ao pessoense. O projeto ‘Pedala João Pessoa’ foi lançado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) no final de março e 70% dos cadastros disponibilizados para este primeiro mês já foram preenchidos. São trabalhadores, estudantes e até mesmo turistas que pretendem visitar a cidade mais vezes e conhecer pontos turísticos pedalando.

Durante o lançamento, as pessoas puderam se cadastrar com uma equipe presente no local. Além disso, o cadastro também pode ser feito através da Internet, no site www.mobilicidade.com.br/joaopessoa. Durante este mês de abril, o sistema está sendo disponibilizado de forma gratuita para 300 pessoas que fizerem o cadastro. A partir de maio, será cobrada a taxa mensal de R$ 15 ou o passe diário de R$ 5. As bicicletas públicas são uma solução tecnológica sustentável de deslocamento das pessoas dentro das grandes cidades, possibilitando uma melhora na mobilidade e redução da emissão de poluentes.

De acordo com a superintendente da STTrans, Laura Farias, a adesão do pessoense ao sistema de locação de bicicletas confirma a importância do ‘Pedala’ para a cidade de João Pessoa. “Cidades como Rio de Janeiro e Blumenau implantaram o sistema com sucesso, além de outras na Europa, como Paris. Este é um passo muito importante para João Pessoa, a única cidade do Nordeste e a terceira do país a possuir o sistema. A população entendeu a proposta e está satisfeita participando ativamente”, disse.

“O ‘Pedala João Pessoa’ é um sistema inteligente e econômico. A cidade estava precisando disso e a gente ganhou mais um benefício. Agora não precisamos mais andar a pé e chegamos mais rápido ao nosso destino. Já estou cadastrada e está sendo ótimo utilizar as bicicletas”, afirmou a estudante moradora do bairro de Manaíra, Liliana Souza.

E não é só o ‘Pedala João Pessoa’ que está agradando àqueles que passeiam diariamente pela orla de Cabo Branco, Tambaú e Manaíra, onde está funcionando inicialmente o sistema. As ciclovias criadas na praia para o trajeto exclusivo de bicicletas atendeu a uma reivindicação da população e beneficiou as pessoas que sentiam falta de um espaço seguro para pedalar.

Segurança – Segundo Cláudio Victor, morador do Alto do Mateus, uma grande vantagem da ciclovia é a possibilidade de ter um espaço somente para as bicicletas, sem a interferência dos veículos ou de pedestres. “Agora a gente pode pedalar despreocupado. Além de reservar um espaço só para os ciclistas, eles podem andar em grupos, o que aumenta a segurança. É bastante produtiva esta ação da prefeitura e acho que devia ser ampliado com mais ciclovias. Além disso, é um incentivo à prática de esportes”, disse.

Quem pensa assim também é o estudante Bruno Gustavo, do Bairro dos Estados. “É bom para o lazer, pra praticar esportes, pra saúde. Vou me cadastrar no ‘Pedala João Pessoa’ porque gostei e acho que o preço está justo”, contou.

Sistema informatizado – As bicicletas são gerenciadas por um computador alimentado por baterias e energia solar e a estação possui um painel de exibição de informações, como mapa de localização das estações, instruções de uso e publicidade. Dispositivos eletromecânicos de segurança foram instalados na bicicleta e possibilitam o travamento e liberação delas.