Caixa assina a ordem de serviço para obras do Moradouro, na 4ª

Por - em 37

A ordem de serviço para início das obras de sete casarões do Programa Moradouro, idealizado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), será assinada pela superintendência da Caixa Econômica Federal (CEF) na próxima quarta-feira (6) e, até o dia 10 deste mês, as 117 casas do ‘Residencial Major Emílio’, no Bairro do Geisel, deverão ser entregues. Os anúncios foram feitos nesta quinta-feira (31), na agência Varadouro da Caixa Econômica Federal (CEF), durante café da manhã de despedida do superintendente regional Jorge Gurgel, que vai assumir cargo idêntico no Rio Grande do Norte. O homenageado ressaltou ainda a importância da parceria “selada entre os governos Federal e Municipal nos últimos anos três anos e meio”.

Ele explicou que “a Caixa Econômica, como agente repassador de recursos do Governo Federal, precisa de parceiros para viabilizar essas transferências. E a parceria com a Prefeitura de João Pessoa foi promissora, inclusive no PAC”, destacou Gurgel. “No dia seguinte ao aniversário da cidade, que completa 423 anos, vamos assinar a ordem de serviço com a Construtora Mota para a construção (revitalização) dos sete casarões do Moradouro. Até dia 10, deveremos também entregar as 117 casas do Residencial Major Emílio, no Geisel”, anunciou.

O Programa Moradouro prevê inicialmente a restauração de sete casarões, que serão transformados em 35 apartamentos, localizados na área do Centro Histórico de João Pessoa tombada como patrimônio nacional no final de 2007. A iniciativa é destinada a 180 pessoas cadastradas na Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab). Os prédios foram repassados pela Prefeitura para o Fundo do Programa de Arrendamento Residencial (Funpar), do Governo Federal, ligado ao Programa de Arrendamento Residencial (PAR). As obras do ‘Residencial Major Emílio’, no Geisel, que é um condomínio fechado com 117 casas, também então ligadas ao PAR.