Came é municipalizado e passa a ser chamado de Cais Jaguaribe

Por - em 42

O Centro de Atendimento Médico Especializado (Came) de Jaguaribe foi municipalizado na tarde desta segunda-feira (14), com a assinatura do termo de cessão pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Almeida, e a secretária de Saúde de João Pessoa, Roseana Meira. Nesta fase de transição, mesmo com a assinatura do termo de municipalização do serviço, o governo do Estado assumiu os compromissos de pagar a produtividade dos servidores em 2008, o pagamento dos serviços de vigilância e limpeza por três meses, mais o funcionamento do Centro de Imagem até o dia 14 de fevereiro próximo.

A secretária Roseana Meira anunciou que o Came passa a ser chamado de Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) Jaguaribe e até o mês de fevereiro será administrado por uma equipe de transição. “Todas as especialidades serão mantidas e planejamos uma ampliação gradativa após um período de adaptação”, explicou.

Roseana Meira destacou que o município trabalha na perspectiva de implantação de um serviço de qualidade e centrado na atenção ao usuário. “Sabemos dos desafios em assumir o Centro por participar desse processo de municipalização há três anos, mas estaremos trabalhando em parceria com o Estado e principalmente com os servidores para oferecer um serviço com humanização, integralidade e respeito ao usuário”, concluiu.

O secretário estadual de saúde Geraldo Almeida destacou que dentro do modelo tripartite entre Ministério da Saúde, governo estadual e secretarias municipais, a área ambulatorial não pertence mais à esfera do Estado e, por esse motivo, “o governo entrega a gestão e o gerenciamento da unidade para ao município de João Pessoa”. Ele disse que o Sistema Único de Saúde (SUS) prevê um acordo para a cessão de funcionários que continuarão sendo pagos pelo Estado.

O Cais oferece serviços em 16 especialidades, entre elas psicologia, fisioterapia,obstetrícia, oftalmologia, fonoaudiologia, diabetes e hipertensão, além de posto de vacinação e laboratório de análises clínicas. A marcação de exames e consultas será feita nas unidades de saúde e distritos sanitários e os retornos no próprio Centro. Já os atendimentos de oftalmologia e exames de análises clínicas continuam sendo realizados no próprio Cais de Jaguaribe. Os gestores municipais de saúde estarão se reunindo esta semana para discutir mudanças no fluxo de atendimento.