Câmeras monitoram o trânsito em pontos estratégicos de JP

Por - em 24

A Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) de João Pessoa já iniciou o monitoramento de pontos estratégicos da Capital, utilizando recursos tecnológicos para dar mais fluidez ao tráfego. Quatro câmeras dotadas de tecnologia de ponta foram instaladas na Avenida Epitácio Pessoa com a Ruy Carneiro, Busto de Tamandaré, Terminal de Integração e anel interno do Parque Solon de Lucena (Lagoa), trechos considerados problemáticos para a circulação dos veículos.

O objetivo da STTrans é receber em tempo real todas as informações do trânsito através das câmeras de monitoramento, oferecendo mais agilidade e eficiência na solução de problemas que ocorrem no dia-a-dia nas ruas da cidade. Da central de Controle de Tráfego por Área (CTA), montada na sede do órgão, os técnicos podem acionar as equipes de trânsito quando houver congestionamentos, colisões ou outros conflitos que interfiram na fluidez do tráfego, permitindo atendimento imediato por parte do órgão. A instalação dos equipamentos também pode ajudar na segurança da população.

Funcionamento – As câmeras têm um alcance de até dois quilômetros do ponto onde o equipamento está instalado. Elas podem girar 360° graus, permitindo um monitoramento mais preciso e eficiente dessas áreas. As imagens em alta definição possibilitam uma visualização perfeita e, dependendo da posição, identificam com precisão os veículos que estejam trafegando nesses pontos. O monitoramento com as quatro câmeras é feito durante 24 horas pelos técnicos da CTA. As imagens capturadas pelos equipamentos ficam armazenadas em sistema digital por um período de dez dias.

O projeto-piloto com câmeras teve início em abril de 2006, quando o monitoramento começou a ser executado nos cruzamentos das avenidas Getúlio Vargas, Epitácio Pessoa e Ruy Carneiro, através de 14 câmeras instaladas em pontos fixos. Esses equipamentos permitiam apenas uma visão do fluxo de veículos, diferentemente dessas novas câmeras que possuem recursos mais precisos de visualização.

Mais câmeras – O superintendente da STTrans, Deusdete Queiroga, disse que as câmeras serão ferramentas tecnológicas eficientes para o trânsito de João Pessoa, pois auxiliam na diminuição dos congestionamentos e também na questão da segurança. “Os benefícios gerados por esse sistema de monitoramento são inúmeros. As câmeras não se limitam apenas ao controle de tráfego, mas podem ajudar muito na questão da segurança”, ressaltou. Ele informou que em maio mais dois equipamentos serão instalados e, até o fim do ano, a previsão é que dez novas câmeras estejam funcionando em João Pessoa.