Campanha de combate a violência enfoca casos no âmbito familiar

Por - em 74

A Prefeitura Municipal de João Pessoa lançou nesta terça-feira (4) a campanha do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, “4 anos reescrevendo novas histórias”, da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres. A campanha deste ano traz como foco os problemas acarretados pela violência contra a mulher no âmbito familiar. O evento foi realizado no Coelhos Bar e Restaurante, localizado no bairro dos Bancários

As peças publicitárias foram apresentadas durante um café da manhã e contou a participação as usuárias do serviço oferecidos no Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, secretários da gestão municipal e estadual, parlamentares, representantes dos movimentos de mulheres e a imprensa.

Na ocasião, a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Nézia Gomes, falou da importância da campanha para a conscientização da população e para divulgação do Centro de Referência da Mulher. “O objetivo da campanha é dizer que a violência contra a mulher não é mais um problema apenas do privado, mas sim de toda a sociedade que precisa discutir e reconhecer de fato que ela existe e que está dentro da casa de muitas famílias”, disse.

Anualmente a campanha é desenvolvida baseada em uma temática que trata da violência a partir de fatos reais, e este ano a família é a personagem principal da ação. “Onde tem violência contra a mulher todo mundo sofre. São pais, mães, filhos e irmãos que convivem com esta situação. É preciso mudar a mentalidade e a cultura machista da sociedade”, complementou a secretária.

Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra – Desde 2007, quando foi inaugurado o Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra foi registrado o atendimento a 1.153 mulheres e, apenas neste ano, 192 mulheres foram atendidas porque se encontravam em situação de violência.

A coordenadora do Centro de Referência da Mulher, Joyce Borges, destacou que o Centro de Referência é um espaço onde as mulheres podem buscar ajuda e orientações. “O Centro não é um espaço de denúncia, mas de orientação e acompanhamento às mulheres que passam por esse momento tão difícil que é a violência”, complementou a coordenadora.

As peças publicitárias da campanha, como cartazes e folders, serão distribuídas nos espaços públicos da cidade para que a população tenha conhecimento dos serviços oferecidos pelo Centro de Referência da Mulher e o vídeo será exibido na mídia local durante todo o mês de outubro.

Saiba mais – O Centro de Referência da Mulher oferece atendimento psicológico, social e jurídico, disponibilizando também, terapias lúdicas e educativas para as usuárias em situação de violência. Funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, na Rua Afonso Campos, 191 – Centro. Também atende através do telefone 0800 283 38 83. A ligação é gratuita.